Liga dos Campeões. Sporting apanha Manchester City e Benfica joga contra Ajax (com áudio)

Manchester City e AFC Ajax são os adversários de Sporting e Benfica, respetivamente. Primeira mão da eliminatória disputa-se em Lisboa, golos fora não contam a dobrar.

Já são conhecidos os adversários dos dois clubes portugueses ainda em competição na Liga dos Campeões, após a repetição do sorteio. O Sporting viaja até Inglaterra na segunda mão dos oitavos de final contra o Manchester City, enquanto o Benfica desloca-se até Amesterdão para discutir o jogo decisivo com o AFC Ajax.

Por terem garantido a qualificação em segundo lugar nos respetivos grupos, os clubes portugueses vão disputar a primeira mão dos oitavos de final em casa. Ainda assim, tendo em conta uma das novidades da edição deste ano, os golos marcados fora não valem a dobrar, ao contrário do que aconteceu durante toda a história da competição.

Os dois emblemas portugueses ainda em competição não terão tarefa fácil no campo teórico, logo à partida na comparação dos respetivos valores de plantel. Os ‘leões’, com um plantel avaliado em 198,2 milhões de euros, disputam a eliminatória com o Manchester City, cujo plantel está avaliado em 1,1 mil milhões de euros. As ‘águias’, ainda que tenham um valor de plantel superior aos rivais lisboetas, 281 milhões, ficam aquém do valor de plantel do AFC Ajax (339,3 milhões de euros).

Ao nível do encaixe financeiro, o Sporting é o grande destaque, tendo conseguido três vitórias no seu grupo, cada uma a valer 2,8 milhões de euros. A este valor acrescenta-se a passagem aos 16-avos-de -final da ‘Champions’, o que significou um encaixe de mais 9,6 milhões de euros. Juntando o valor conseguido com o acesso à prova milionária, garantida com a conquista do campeonato português (27 milhões de euros), a equipa treinada por Ruben Amorim já garantiu 45,01 milhões de euros.

As ‘águias’, surgem de seguida, com um encaixe de 54,2 milhões de euros, com a maior parte do valor proveniente da qualificação para a ‘Champions’ (34,37 milhões de euros) três vitórias (8,4 milhões de euros) e dois empates (1,86 milhões de euros). As ‘águias’ garantiram o acesso à fase a eliminar na jornada final contra o adversário teoricamente mais fraco do grupo, o Dínamo de Kiev, beneficiando da derrota do FC Barcelona na Alemanha frente ao FC Bayern, garantindo 9,6 milhões de euros adicionais.

A passagem à fase seguinte da competição, valerá aos clubes portugueses 10,6 milhões de euros de encaixe adicional, ainda que cada vitória continue a valer 2,8 milhões de euros e o empate 930 mil euros.

No emblema inglês destaque para Kevin de Bruyne e Jack Grealish, os dois futebolistas mais valiosos do City, ambos com um valor de mercado de 100 milhões de euros.

Na equipa da capital dos Países Baixos, destaque para Ryan Gravenberch (33 milhões de euros) e Sebastian Haller (27 milhões de euros) que, segundo os dados do Transfermarkt, são os dois jogadores mais valiosos do AFC Ajax.

(notícia atualizada às 14h16)

Recomendadas

Vieira diz que divulgação de emails foi “estratégia do FC Porto para manchar nome do Benfica”

O antigo presidente do Benfica Luís Filipe Vieira afirmou hoje em tribunal que a divulgação de emails sobre o clube no Porto Canal foi “uma estratégia do FC Porto para manchar o nome” do clube lisboeta.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta terça-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta terça-feira.

“Jogo Económico”. “Não acredito que vamos banir a violência no futebol”, defende especialista

Vêm aí novas leis destinadas ao combate da violência no desporto e nesta edição, vamos conhecer ao detalhe as medidas que estão a ser preparadas para o Governo e perceber se se adequam à realidade do fenómeno em Portugal. Daniel Seabra, antropólogo e professor universitário com obra publicada sobre o fenómeno das claques em Portugal, foi o convidado da última edição do “Jogo Económico”.
Comentários