Liga Europa. Porto enfrenta Lazio e Braga joga com os moldavos do Sheriff

Esta temporada, as oito equipas da ‘Champions’ foram sorteadas contra os oito segundos-classificados dos grupos da Liga Europa nas eliminatórias que serão disputadas em dois encontros a 17 e 24 de fevereiro.

Os emblemas portugueses em competição na Liga Europa já conhecem os seus adversários. O Porto, após cair da Liga dos Campeões na última jornada do grupo, recebe o Lazio no Dragão, enquanto o Braga viaja até à Moldávia para disputar o acesso à fase seguinte com o Sheriff.

Ao contrário do que acontecia em anos anteriores, esta temporada a UEFA decidiu alterar o modelo da segunda competição mais importante de clubes a nível europeu – Liga Europa. Nos anos anteriores, as equipas que terminavam a Liga dos Campeões em terceiro lugar caíam nas eliminatórias da Liga Europa por serem consideradas merecedoras com base na qualidade e nas credenciais que lhes permitiram a classificação para a competição mais importante da Europa.

Esta temporada, as oito equipas da ‘Champions’ foram sorteadas contra os oito segundos-classificados dos grupos da Liga Europa nas eliminatórias que serão disputadas em dois encontros a 17 e 24 de fevereiro.

O FC Porto com um valor de plantel de 265,8 milhões de euros apresenta-se com um plantel teoricamente mais fraco que o da Lazio (311,3 milhões de euros). Outro factor que não joga a favor da equipa portuguesa é o facto de disputar o jogo derradeiro, ou seja, a segunda mão em Roma, onde o apoio dos adeptos italianos poderá fazer a diferença, caso os ‘azuis e brancos’ não levem uma vantagem confortável da invicta.

Já o Braga, com um valor de plantel de 119,1 milhões de euros, apresenta-se como claramente favorito no campo teórico, dado que o Sheriff é um dos clubes com o plantel menos valioso (21,1 milhões de euros) segundo os dados do Tranfermarkt. Ainda assim, é preciso ter em conta as incríveis prestações do clube moldavo na prova milionária, onde conseguiu duas vitórias (frente ao Real Madrid e Shaktar Donetsk) e um empate.

Recomendadas

Reabilitação do Centro Municipal de Desportos Náuticos de Coimbra já foi consignada

A primeira fase de reabilitação dos pavilhões do Centro Municipal de Desportos Náuticos de Coimbra, orçada em 338 mil euros, foi consignada hoje, revelou o município.

Mundial2022: Qatar retifica que morreram 40 trabalhadores nas obras dos estádios

Um porta-voz do Campeonato do Mundo de Futebol do Qatar retificou hoje o número anteriormente anunciado por um responsável de trabalhadores mortos na construção dos estádios para a competição, de “entre 400 e 500” para 40.

Mundial 2022. Qatar assume a morte de “entre 400 a 500” trabalhadores migrantes

“A estimativa é de cerca de 400” mortes de trabalhadores migrantes na construção dos estádios, de acordo com as declarações do principal responsável pela coordenação entre entidades públicas e privadas na construção dos estádios da competição. Estes números contradizem as estimativas de que terão morrido milhares de trabalhadores.
Comentários