PremiumLiga Portugal defende IVA a 6% para atrair espetadores

Principal Liga portuguesa tem menos espetadores que as segundas ligas alemã e inglesa ou que as ligas belga e holandesa. Tendência em Portugal é de crescimento nas assistências, mas descida do IVA dos bilhetes é considerada fundamental.

A Liga Portugal tem travado uma luta há vários anos para que o IVA dos bilhetes de jogos de futebol volte a ser de 6%, tal como acontecia em 2012. Susana Rodas, Diretora Executiva de Marketing da Liga Portugal, em entrevista ao JE na semana da apresentação do Orçamento do Estado 2020, lamenta que ainda não seja neste documento orçamental que seja reposta a taxa mínima, mas salienta que os esforços vão continuar.

“Houve um problema nacional para o qual todos contribuímos para sair dessa situação. Todos vimos os nossos impostos aumentados. Esta luta do IVA dos bilhetes para os jogos já leva alguns anos e não é uma medida ad hoc, faz parte de um conjunto de medidas estruturais na área fiscal que identificámos como sendo decisiva, naquela que é a nossa competitividade”, explica esta responsável do marketing da Liga Portugal. Para Susana Rodas não é justo que o Governo tenha decidido fazer uma descida do IVA para os espetáculos e deixado isolado um setor que compete diretamente com outras formas de entretenimento: “o desporto ficou isolado a pagar 23% de IVA, sem qualquer justificação”.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

António Costa e Pedro Sánchez querem um Mundial2030 “para a paz”

“Já demonstrámos capacidade para organizar eventos de primeira linha. Portugal e Espanha estão prontos para receber, juntamente com a Ucrânia, o Mundial de futebol de 2030. Queremos um campeonato para a paz, mostrar o melhor do desporto, mas também os melhores valores da Europa”, escreveu o primeiro-ministro luso na rede social Twiiter, mensagem que também foi publicada pelo presidente do governo espanhol.

Revista de imprensa nacional: as notícias que estão a marcar esta quarta-feira

“Governo vai mexer nos escalões do IRS no próximo ano”; “Polícias proibidos de disparar com balas reais contra multidões”; “22 mil milhões de euros para a banca”

Vieira diz que divulgação de emails foi “estratégia do FC Porto para manchar nome do Benfica”

O antigo presidente do Benfica Luís Filipe Vieira afirmou hoje em tribunal que a divulgação de emails sobre o clube no Porto Canal foi “uma estratégia do FC Porto para manchar o nome” do clube lisboeta.
Comentários