Liga portuguesa foi a sétima no mundo que mais gastou em transferências esta época (com áudio)

O SL Benfica foi responsável por 40% do valor investido em transferências na Liga Portugal esta temporada. A Premier League sozinha gasta mais que as restantes “Big5” e ainda a principal liga holandesa, de acordo com dados do Observatório do Futebol.

A Liga portuguesa de futebol foi a sétima que mais dinheiro gastou em transferências esta temporada, de acordo com informação compilada pelo Observatório do Futebol (CIES).

O CIES revelou esta quarta-feira as dez ligas mundiais que mais gastaram em contratações e Portugal surge na sétima posição com 221 milhões de euros investidos em passes de futebolistas, dados que englobam as janelas de transferências de verão e inverno (ainda aberta até ao final deste mês).

O SL Benfica, com 88,8 milhões de euros investidos esta época, arca com 40% das despesas em transferências registadas esta temporada em Portugal. Se alargarmos o espectro para FC Porto (48 milhões) e Sporting CP (45,9), é possível concluir que os três grandes têm 82% do investimento na Primeira Liga esta temporada.

A principal Liga portuguesa consegue ficar atrás de todas as “Big5” (Premier League, Serie A, Ligue 1, La Liga e Bundesliga) e é ainda ultrapassada pela Eredivisie (principal campeonato holandês) que é também a competição que ameaça ficar com o sexto lugar no ranking da UEFA (que ainda pertence a Portugal) que permite a entrada de três equipas na Liga dos Campeões.

Sem surpresa, a Premier League é a competição que mais dinheiro investe em passes de futebolistas com um total de 3,2 mil milhões de euros. Para chegar a um valor semelhante, têm que se somar as despesas das cinco ligas que antecedem o principal campeonato europeu esta temporada. O Chelsea é o clube inglês que mais contribui para esta diferença com 460,5 milhões de euros gastos em transferências esta época.

Recomendadas

121 milhões. Transferência de Enzo Fernández faz história na Liga portuguesa e na Premier League

Depois de ter chegado ao clube da Luz em meados de julho de 2022, por 10 milhões de euros, aos quais podiam acrescer oito milhões por objetivos, o médio, de 21 anos, muda-se para os ‘blues’, que pagaram a cláusula de rescisão.

Tribunal espanhol determina que UEFA fica impedida de evitar Superliga

Competição que iria reunir algumas das melhores equipas do futebol europeu e mundial fica mais perto de se poder realizar. A UEFA terá feito uso da “posição de poder” para tentar impedir a realização da prova.

FPF chamada ao Parlamento. Tema: salário de Fernando Santos. Veja o “Hat Trick” no “Jogo Económico”

Veja a análise aos números da semana na rubrica do programa da plataforma multimédia JE TV.
Comentários