Limpeza de espécies invasoras vai abranger 1000 hectares na Madeira

A faixa corta-fogo será outro projeto contemplado no Orçamento Regional através de uma rede de combate de incêndios com 10 kms. O adiamento dos programas da Orla Costeira da Madeira foram criticados pelo BE. A secretária Regional do Ambiente e Recursos Naturais diz que vai cumprir com o prometido.

O executivo da Madeira vai ter ações de limpeza de espécies invasoras vai abranger 1000 hectares, sendo que 450 hectares serão alvo de reflorestação, referiu Susana Prada, secretária regional do Ambiente e Recursos Naturais, na discussão do Orçamento Regional.

A faixa corta-fogo será outro projeto contemplado no Orçamento Regional, através da reconversão de 320 mil metros de área ocupada por invasoras, a construção de um tanque com 1500 metros cúbicos, e uma rede de combate incêndios com 10 kms de extensão.

Susana Prada anunciou ainda que o executivo regional vai lançar o Programa de Orla Costeira da Madeira e o do Porto Santo concluído em 2019.

“O Programa de Ordenamento da Madeira será uma realidade em 2019, e os orofotomapas ficarão disponíveis”, acrescentou a governante.

O deputado do BE, Roberto Almada, criticou o Governo Regional pelos sucessivos adiamentos do Programa da Orla Costeira da Madeira e do Porto Santo. Em resposta Susana Prada disse que “está na política como está na vida” com seriedade.

“Se disse que ia lançar o Programa da Orla Costeira e que ia estar concluído em 2019, então vai estar”, reforçou.

Relacionadas

Governo da Madeira tem 5 milhões de euros para regularizar precários na Administração Pública

Esta medida deverá abranger cerca de 400 postos de trabalho, anunciou Pedro Calado, na sessão plenária de abertura da discussão do Orçamento Regional que decorre na Assembleia Legislativa da Madeira.

Orçamento Regional atribui 451 milhões para amortizar capital da dívida

O vice-presidente do Governo Regional adiantou que o executivo madeirense vai proceder ao aceleramento do pagamento dos juros, e que não existem planos para contrair mais dívida, mas sim de proceder a substituição.

Orçamento Regional: Despesas de capital devem descer 38 milhões de euros na Madeira

O orçamento prevê ainda uma descida de 19 milhões na despesa corrente e uma subida de 12 milhões para juros e encargos, disse Pedro Calado, em audição parlamentar na Assembleia Legislativa da Madeira.
Recomendadas

Madeira: Marta Freitas volta a representar PS no Conselho Consultivo sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência

Marta Freitas, que já havia assumido esta posição no mandato anterior, foi agora reconduzida pelo Grupo Parlamentar Socialista, tendo tomado posse esta segunda-feira.

Saiba em que consiste a etiqueta energética e a sua importância na compra de equipamentos elétricos

A nova etiqueta energética já é uma realidade no nosso mercado. Os consumidores precisam de conhecer esta ferramenta, útil e intuitiva, para escolher os seus eletrodomésticos de forma esclarecida e eficiente.

Serviço Regional de Proteção Civil da Madeira celebra novo protocolo com a Escola Nacional de Bombeiros

O protocolo é válido por tempo indeterminado, permitindo ainda o intercâmbio entre formandos e formadores do SRPC e da ENB, em várias áreas formativas.
Comentários