Livre considera “contrassenso” abstenção de Joacine Katar-Moreira no voto sobre Gaza

A direção do Livre fez saber que a abstenção da deputada única do partido “não reflete as tomadas de posição oficiais do partido sobre o tema em questão”.

A deputada única eleita pelo Livre, Joacine Katar-Moreira, absteve-se na votação parlamentar pela condenação da “nova agressão israelita a Gaza”, o que motivou uma manifestação de preocupação, este sábado, pelo próprio Livre, considerando o voto da deputada “um contrassenso” com o programa e as posições do partido.

Na sexta-feira, em plenário da Assembleia da República, foi aprovado um voto apresentado pelo PCP de “condenação da nova agressão israelita a Gaza e da declaração da administração Trump sobre os colonatos israelitas”. O texto teve votos contra de PSD, CDS-PP, Chega e Iniciativa Liberal, bem como a abstenção da deputada única do Livre, Joacine Katar-Moreira, e do deputado socialista Ascenso Simões.

“O Grupo de Contacto do Livre manifesta a sua preocupação com o sentido de voto da deputada Joacine Katar Moreira, em contrassenso com o programa eleitoral do Livre e com o historial de posicionamento do partido nestas matérias”, condena a direção do partido, num comunicado emitido hoje.

“O texto apresentado pelo PCP colhe uma posição favorável por parte da direção do partido Livre”, lê-se no comunicado do partido, sendo que a direção fez saber que a abstenção da deputada única do partido “não reflete as tomadas de posição oficiais do partido sobre o tema em questão”.

Recomendadas

Moreira da Silva considera lamentável a presença do PSD na convenção do Chega

O ex-dirigente social-democrata Jorge Moreira da Silva lamentou este domingo a presença do PSD na sessão de encerramento da V Convenção Nacional do Chega, em Santarém, considerando que normaliza um “partido racista”.

Maiorias absolutas podem muito pouco contra maiorias sociais, diz Catarina Martins

A coordenadora do Bloco de Esquerda (BE), Catarina Martins, defendeu este domingo que as maiorias absolutas “podem muito pouco contra maiorias sociais”, acusando o executivo de uma “absoluta arrogância de quem não ouve o país”.

JPP/Madeira vai denunciar à PGR declarações sobre ‘obras inventadas’ na região

O JPP/Madeira anunciou este domingo que vai apresentar uma queixa à Procuradoria-geral da República relacionada com as declarações do ex-deputado do PSD Sérgio Marques as alegadas ‘obras inventadas’ na região.
Comentários