Lojas do Cidadão: 50 mil atendimentos devido a cartão de cidadão e passaporte

Durante estes oito sábados, foram renovados 402.230 cartões de cidadão, entregues 502.778 cartões de cidadão e pedidos 78.398 passaportes.

As Lojas do Cidadão realizaram 50 mil atendimentos nos oito sábados passados para pedidos, renovações e entregas de cartões de cidadão e de passaporte. Este atendimento aconteceu sob a modalidade Casa Aberta nos balcões das nove Lojas de Cidadão e do Campus da Justiça.

Esta operação, de acordo com o Ministério da Modernização do Estado e da Administração Pública, permitiu otimizar a resposta dos serviços, “garantindo que todas as lojas tiveram sempre capacidade para fazer face à procura pelos cidadãos”.

“Durante os últimos oito sábados, a capacidade de resposta dos serviços triplicou, resultado da conjugação de várias medidas: alargamento dos horários, reforço das equipas de triagem da Agência para a Modernização Administrativa (AMA), reforço das equipas de atendimento do Instituto de Registos e Notariado (IRN) e melhor adequação entre o número de balcões atribuídos a cada serviço e a procura por esses mesmos serviços”, escreve o Ministério de Alexandra Leitão em comunicado.

A modalidade também permitiu um aumento do recurso às senhas digitais. Dos cidadãos que recorreram ao atendimento na Casa Aberta, cerca de 14% obtiveram senha digital. O envio de SMS para o 3838, que permite receber um alerta de aproximação do atendimento, também cresceu e neste período foram enviados cerca de 27.100 mensagens.

Durante estes oito sábados, foram renovados 402.230 cartões de cidadão, entregues 502.778 cartões de cidadão e pedidos 78.398 passaportes.

Lojas com horário alargado de segunda-feira a sábado

Apesar do impacto positivo da operação Casa Aberta e tendo em conta que os documentos, cuja validade tenha expirado a partir de dia 24/02/2020, só são aceites até 31 de dezembro deste ano,

O Governo decidiu manter o reforço da capacidade de resposta dos serviços em horário alargado, permitindo que os cidadãos que tenham documentos expirados desde 24 de fevereiro de 2020 consigam renová-los até ao fim do ano.

Entre 27 de novembro a 28 de fevereiro, as Lojas de Cidadão das Laranjeiras, Marvila, Odivelas, Porto, Vila Nova de Gaia, Coimbra, Braga e Faro e os balcões de atendimento ao público do Instituto de Registos e Notariado, no Campus da Justiça, no Parque das Nações, em Lisboa, vão funcionar no seguinte horário: de segunda a sexta-feira das 8 horas às 20 horas e aos sábados das 8 horas às 15 horas, procurando disponibilizar mais atendimentos no início e no final do dia e facilitando a conciliação com os horários de trabalho da generalidade dos cidadãos.

Para os cidadãos com mais de 25 anos e dados biométricos atualizados mantém-se a disponibilidade da renovação automática, com o envio automático da carta PIN com referência multibanco para pagamento da renovação e expedição postal para a morada. Esta renovação já permitiu que mais de 600 mil cidadãos renovassem o CC sem necessidade de se deslocarem a qualquer balcão.

Este novo método de renovação permite uma eficiente gestão do fluxo de procura dos serviços do cartão de cidadão. Neste momento já estão a ser enviadas as cartas PIN referentes a CC que vão caducar em janeiro, e já se identificaram mais de 15 mil renovações nesta situação.

Foram já entregues por correio de forma individual ao próprio titular mais de 1 milhão e 186 mil cartões de cidadão, permitindo evitar o mesmo número de deslocações aos balcões.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta terça-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta terça-feira.

Confiança dos consumidores volta a recuar e clima económico aumenta em novembro

De acordo com os ‘Inquéritos de Conjuntura às Empresas e aos Consumidores’ do Instituto Nacional de Estatística (INE), “o indicador de confiança dos consumidores diminuiu entre setembro e novembro, apenas marginalmente no último mês, atingindo um valor próximo do registado em abril de 2020 no início da pandemia”.

Revista de imprensa nacional: as notícias que estão a marcar esta terça-feira

Calçado português à conquista dos 9% mais ricos do mundo; Portugal atrai 32 centros de serviços partilhados de empresas mundiais; Golos de Bruno Fernandes valem lugar nos oitavos e vingam derrota de 2018
Comentários