Lucro da Airbus recua quase 15% para 1.901 milhões de euros até junho

As receitas fixaram-se, entre janeiro e junho, em 24.8 milhões de euros (+0,8%). Em 30 de junho, a Airbus contava com 128.873 trabalhadores, mais 2% do que em dezembro 2021.

O grupo aeronáutico Airbus totalizou 1.901 milhões de euros de lucro no primeiro semestre, menos 14,8% do que no ano anterior, foi esta quarta-feira anunciado.

Por sua vez, as receitas fixaram-se, entre janeiro e junho, em 24.8 milhões de euros, uma subida de 0,8%.

Os resultados antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) situaram-se em 2.645 milhões de euros, quando no primeiro semestre de 2021 tinham sido de 2.703 milhões de euros.

Em 30 de junho, a Airbus contava com 128.873 trabalhadores, mais 2% do que em dezembro 2021.

Em comunicado, o presidente executivo da Airbus, Guillaume Faury, defendeu que este é um “resultado financeiro sólido perante um ambiente operacional complexo”, marcado por incertezas geradas pela conjuntura geopolítica e económica.

Recomendadas

Grupo da transportadora aérea Sevenair aumenta receitas devido aos cursos de piloto

A Sevenair Academy viu o EBITDA fixar-se ligeiramente acima dos 2 milhões de euros no ano passado.

Sérgio Figueiredo contratado para consultor de Fernando Medina

O contrato estende-se por dois anos e Sérgio Figueiredo deverá receber um ordenado equiparado ao de um ministro.

SINTAC reúne com DGERT e ANA/VINCI para discutir serviços mínimos a assegurar agosto

Em causa estão ainda outras medidas defendidas pelo sindicato, desde o aumento de salários, para fazer face à inflação, até ao reforço dos recursos humanos.
Comentários