Lucro da Allianz cai 31,5% até setembro para 4,7 mil milhões de euros

Os resultados, hoje divulgados em comunicado publicado na página do grupo Allianz na internet, revelam também um aumento de 5,3% nas receitas dos primeiros nove meses deste ano, fixando-se em 116 mil milhões de euros.

Allianz

Os lucros da seguradora alemã Allianz caíram 31,5% entre janeiro e setembro, em termos homólogos, para 4,7 mil milhões de euros, uma queda justificada com provisões no primeiro trimestre para perdas do processo Structured Alfa.

Os resultados, hoje divulgados em comunicado publicado na página do grupo Allianz na internet, revelam também um aumento de 5,3% nas receitas dos primeiros nove meses deste ano, fixando-se em 116 mil milhões de euros.

Já o resultado operacional, entre janeiro e setembro, aumentou 3,2% face ao período homólogo, para 10,2 mil milhões de euros, tendo subido 13,5% nos seguros patrimoniais, para 4,7 mil milhões de euros, e diminuído 9,8% nos seguros vida e saúde, para 3,3 mil milhões de euros, e 2,5% na gestão de ativos, para 2,3 mil milhões.

No terceiro trimestre, os lucros aumentaram 16,7%, para 2,4 mil milhões de euros.

Já as receitas totais, entre julho e setembro, aumentaram 1,3% para 34,8 mil milhões de euros e o resultado operacional dos seguros patrimoniais cresceu 32% para 1,7 mil milhões de euros.

A provisão inscrita na conta da seguradora destina-se a compensações para ressarcir investidores no âmbito dos Structured Alpha Funds.

Recomendadas

Banco de Fomento lança consulta pública para dois novos Programas de co-investimento em PME

Estando ainda disponível o montante de 475 milhões de euros para lançar novos Programas, “o BPF convida as empresas e todos os interessados a participar na consulta pública acerca de futuras soluções de capital e quase capital, com o objetivo de obter contributos sobre as condições de dois Instrumentos Financeiros pré-estruturados destinados a fomentar a constituição de empresas e/ou capitalização empresarial”, revela o banco liderado por Ana Carvalho.

Bancos da zona euro devolvem antecipadamente 447,5 mil milhões ao BCE

Este montante vem juntar-se aos quase 300 mil milhões de euros que foram reembolsados antecipadamente em 23 de novembro.

Banco Efisa entra em dissolução

O banco Efisa, que pertencia ao universo BPN, entrou em dissolução, de acordo com um documento hoje divulgado no ‘site’ de publicações do Ministério da Justiça.
Comentários