Lucros da Coca-Cola aumentaram 24% no primeiro trimestre

A multinacional norte-americana Coca-Cola anunciou esta segunda-feira um lucro líquido de 2.781 milhões de dólares (2.590 milhões de euros) no primeiro trimestre do ano, mais 24% em relação ao mesmo período de 2021.

Em comunicado, a empresa informou que a sua faturação operacional líquida aumentou 16% para 10.491 milhões de dólares, impulsionada pela recuperação geral no consumo de bebidas não alcoólicas, apesar da inflação.

“Estamos satisfeitos com os nossos resultados do primeiro trimestre à medida que a empresa continua a operar num contexto altamente dinâmico e incerto”, referiu em comunicado James Quincey, presidente executivo da Coca-Cola.

A empresa manteve as previsões de negócio para o conjunto deste ano, apesar de ter suspendido as operações na Rússia na sequência da guerra na Ucrânia, o que poderá ter algum impacto.

Os resultados divulgados hoje foram melhores do que o esperado e as ações da Coca-Cola subiam no começo da sessão em Wall Street, tendo já registado uma valorização de 10% desde o início do ano.

Recomendadas

Concorrência dá luz verde à compra da Efacec pela DST

A Autoridade da Concorrência (AdC) adotou uma decisão “de não oposição” na operação de compra da Efacec Power Solutions pelo grupo DST, de acordo com informação divulgada pelo regulador no seu ‘site’.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.

Luso-alemã Annea recebe um milhão para contratar e investir no hidrogénio verde

A empresa de Hamburgo criou um software de manutenção preditiva que analisa o estado de saúde de parques solares e torres eólicas para impedir que falhem mesmo ou tenham um desempenho inferior ao normal.
Comentários