Lucros da Coca-Cola superam estimativas e ultrapassam os dois mil milhões

As vendas líquidas da gigante das bebidas aumentaram 10%, para 9,46 mil milhões de dólares, superando as expectativas de 8,96 mil milhões.

Maxim Shemetov/REUTERS

A gigante das bebidas divulgou os resultados do quarto trimestre de 2021, onde anuncia ter registado um lucro líquido no de 2,41 mil milhões de dólares, ou 0,56 dólares por ação, acima dos 1,46 mil milhões, ou 0,34 dólares por ação do ano passado, segundo a “CNBC”.

As vendas líquidas aumentaram 10%, para 9,46 mil milhões de dólares, superando as expectativas de 8,96 mil milhões. A receita daquele período foi prejudicada em seis dias a menos do que no ano passado.

A receita orgânica, que desconsidera o impacto de aquisições e desinvestimentos, saltou 9% nos últimos três meses daquele ano. O volume de caixas unitárias também aumentou 9%.

O segmento de refrigerantes com gás da Coca-Cola, que inclui o refrigerante homónimo, viu o volume crescer 8% no trimestre. Já a coca cola zero teve um crescimento de dois dígitos.

Tendo em conta os resultados, as ações da Coca-Cola estavam a subir mais de 1% nas negociações em pré-mercado.

Para 2022, a Coca-Cola espera um crescimento comparável de lucro por ação de 5% a 6%.

Relacionadas

Coca-Cola vai ter uma nova imagem. Novos sabores também estão em produção

“Modernizar e simplificar a aparência, e ajudar os consumidores a encontrarem o sabor que procuram na prateleira” foi a explicação dada por Natalia Suarez, gestora sénior da Coke Choice Portfolio, sobre a mudança de visual.

Coca-Cola compra empresa de bebidas desportivas Bodyarmor por 4.843 milhões

A Coca-Cola anunciou esta segunda-feira que adquiriu a totalidade da empresa de bebidas isotónicas Bodyarmor, da qual já detinha 15% das ações desde 2018, numa operação avaliada em cerca de 4.843 milhões de euros (5.600 milhões de dólares).
Recomendadas

À beira dos 100 anos de vida, Disney está prestes a perder os direitos sobre o Mickey

Os direitos de autor sobre a personagens estão quase a expirar e vão passar para domínio público, como consequência da lei dos Estados Unidos.

Jogos Olímpicos 2024. Empresa portuguesa recebe cinco milhões para construção arquitetónica

O contrato está inserido numa operação de 136 milhões de euros e visa a construção da Arena Porte de la Chapelle, que vai servir de palco para os Jogos de 2024.

MP pede ao Tribunal da Concorrência para manter coima de 48 milhões à EDP e empresa pede absolvição

O Ministério Público pediu hoje ao Tribunal da Concorrência para manter a coima de 48 milhões de euros aplicada à EDP Produção por abuso de posição dominante, tendo a empresa defendido a absolvição “pura e simples”.
Comentários