Lula da Silva apela aos imigrantes brasileiros em Portugal para que voltem ao Brasil

O recém eleito Presidente, que falava a cerca de 200 representantes dos imigrantes brasileiros em Portugal, agradeceu o voto da “maioria esmagadora” da comunidade imigrante em Portugal”, garantindo que só pode pagar “com gratidão”.

O Presidente eleito do Brasil, Luís Inácio Lula da Silva, apelou este sábado aos imigrantes brasileiros em Portugal para que voltem para o país, que “logo, logo” os poderá receber “de braços abertos”.

“Às vezes fico triste quando vejo brasileiros e brasileiras morando em outros países por não conseguirem encontrar oportunidades de estudar ou trabalhar no seu país”, disse Luís Inácio Lula da Silva.

Referindo de seguida que no tempo em que foi Presidente do Brasil, nomeadamente em 2007 e 2008, uma coisa de que se orgulha é que “muita gente que estava fora do Brasil voltou […], porque tinha oportunidade de emprego e porque as pessoas se sentiam bem”. Agora, acrescentou Lula quer que suceda o mesmo.

“Eu espero que vocês comecem a voltar para o Brasil”, afirmou, garantindo que “logo, logo o país estará de braços abertos para os receber”.

Num discurso muito emotivo, Lula da Silva, que falou hoje de manhã com 200 representantes dos imigrantes brasileiros em Portugal, apelou também à não violência e agradeceu o voto da “maioria esmagadora” da comunidade imigrante em Portugal”, garantindo que só pode pagar agora “com gratidão”.

No seu segundo e último dia de visita a Portugal Lula da Silva teve este encontro no ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa com 200 representantes de instituições representativas da comunidade brasileira, de onde saiu diretamente para o aeroporto de Figo Maduro, para o voo de regresso ao Brasil.

O objetivo desta visita foi retomar o relacionamento entre o Brasil e Portugal.

Na sexta-feira, primeiro dia de visita oficial a Lisboa, Lula da Silva encontrou-se com o Presidente português Marcelo Rebelo de Sousa e com o primeiro-ministro, António Costa.

Lula da Silva, 77 anos, foi eleito em 30 de outubro, data da segunda volta das eleições presidenciais brasileiras como Presidente do Brasil, com 50,90% dos votos, derrotando Jair Bolsonaro (extrema-direita), que obteve 49,10%, quando estavam contadas 99,93% das secções eleitorais.

Lula da Silva, que já cumpriu dois mandatos entre 2003 e 2011, regressará, assim, ao Palácio do Planalto, em Brasília, depois de tomar posse no dia 01 de janeiro de 2023.

Recomendadas

Angola estuda impacto social de fim dos subsídios ao preço dos combustíveis

Segundo Vera Daves, Angola está a analisar com o Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Banco Mundial (BM) as “possíveis” medidas de mitigação do impacto social, porque as “preocupações mantêm-se” relativamente ao potencial impacto social da remoção dos subsídios aos combustíveis, que têm um preço muito baixo e não reflete a oscilação do mercado internacional.

Ucrânia: Portugal atribuiu mais de 55.000 proteções temporárias a pessoas que fugiram da guerra

Segundo a última atualização feita pelo SEF, desde o início da guerra, a 24 de fevereiro, Portugal concedeu 55.560 proteções temporárias a cidadãos ucranianos e a estrangeiros que residiam na Ucrânia, 32.569 dos quais a mulheres e 22.991 a homens.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta segunda-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta segunda-feira.
Comentários