Macau e Hong Kong voltam a subir taxas de juros

A AMCM fixou em 4,25% a taxa de redesconto, valor que o regulador financeiro da região administrativa especial chinesa cobra aos bancos por injeções de capital de curta duração, de acordo com um comunicado.

A Autoridade Monetária de Macau (AMCM) anunciou hoje uma subida em 0,75 pontos percentuais da principal taxa de juro de referência, seguindo o aumento anunciado na quarta-feira pela Reserva Federal (Fed) norte-americana.

A AMCM fixou em 4,25% a taxa de redesconto, valor que o regulador financeiro da região administrativa especial chinesa cobra aos bancos por injeções de capital de curta duração, de acordo com um comunicado.

A AMCM disse que a subida era inevitável, porque a moeda de Macau, a pataca, está indexada ao dólar de Hong Kong, obrigando assim à “uniformização, em princípio, da evolução da política das duas regiões no âmbito da taxa de juros”.

A decisão da AMCM surgiu depois de a Autoridade Monetária de Hong Kong ter anunciado, também hoje, a subida em 75 pontos base da taxa de juro de referência, para 4,25%, devido ao aumento imposto pelo banco central dos EUA.

O dólar de Hong Kong está indexado ao dólar norte-americano.

Depois do anúncio, a bolsa de valores de Hong Kong negociou em baixa, com o principal índice, o Hang Seng, a cair 2,97% até às 13:00 (05:00 em Lisboa).

Na quarta-feira, a Fed anunciou uma subida de 75 pontos base, o sexto aumento desde março, fixando a taxa dos fundos federais entre 3,75% e 4%, o nível mais alto desde 2007, para tentar travar a escalada da inflação.

As principais taxas de juro de referência em Macau e Hong Kong estão no nível mais alto desde abril de 2008, em plena crise financeira e económica mundial.

Recomendadas

Euro regista ligeira valorização e segue acima de 1,05 dólares

Lisboa, 02 dez 2022 (Lusa) – O euro subiu hoje ligeiramente e mantinha-se a negociar acima de 1,05 dólares, após a divulgação de números melhores do que o previsto sobre a criação de emprego nos Estados Unidos.

Bolsa de Lisboa encerra sessão a perder mais de 1%

Entre as cotadas que mais perdem está a Semapa a recuar 7,67%para 13,72 euros, seguida da Altri a perder 4,44%

Wall Street abre sessão em baixa com principais índices em queda

O Dow Jones começa o dia em Wall Street a perder o,86% para 34.097,52 pontos, o S&P 500 a ceder 0,92% para 4.038,89 pontos, e o tecnológico Nasdaq a cair 1,26% para 11.338,05 pontos.
Comentários