Madeira: 1.503 equipas de combate a incêndios rurais percorreram 95.468 km

O Serviço Regional de Proteção Civil tem em desenvolvimento em toda a Região Autónoma da Madeira o Plano Operacional de Combate a Incêndios Rurais (POCIR), cuja principal finalidade consiste na garantia de coordenação e intervenção dos vários agentes de proteção civil.

Através da vigilância, patrulhamento e primeira intervenção, cerca de 5.028 operacionais, 1.503 equipas, já percorreram 95.468 km, na prevenção aos incêndios rurais.

São 1.503 equipas de combate a incêndios rurais, que desde 15 de junho de 2022, percorreram os diversos concelhos da Região Autónoma da Madeira, auxiliadas por um Veículo Ligeiro de Combate a Incêndios (VLCI) com os respetivos equipamentos de extinção, material de avaliação e registo das ocorrências, nomeadamente tablet, estação meteorológica, GPS, binóculos, bem como rádio para transmissão de dados para o Oficial de Ligação, que se encontra no Comando Regional de Operações de Socorro, responsável também pela ativação do meio aéreo mediante a ocorrência reportada,  de forma a garantir uma eficaz e eficiente resposta às situações de Incêndios Rurais.

O Serviço Regional de Proteção Civil tem em desenvolvimento em toda a Região Autónoma da Madeira o Plano Operacional de Combate a Incêndios Rurais (POCIR), cuja principal finalidade consiste na garantia de coordenação e intervenção dos vários agentes de proteção civil, dos quais se destacam, numa vertente safety, os Corpos de Bombeiros da Ilha da Madeira, o Instituto das Florestas e Conservação da Natureza, a Guarda Nacional Republicana (UEPS) e das Forças Armadas (Exército), e numa vertente security, a Polícia de Segurança Pública, contando também com os demais organismos e instituições que concorrem para a defesa do ambiente e da floresta contra incêndios.

Recomendadas

Madeira: Marta Freitas volta a representar PS no Conselho Consultivo sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência

Marta Freitas, que já havia assumido esta posição no mandato anterior, foi agora reconduzida pelo Grupo Parlamentar Socialista, tendo tomado posse esta segunda-feira.

Saiba em que consiste a etiqueta energética e a sua importância na compra de equipamentos elétricos

A nova etiqueta energética já é uma realidade no nosso mercado. Os consumidores precisam de conhecer esta ferramenta, útil e intuitiva, para escolher os seus eletrodomésticos de forma esclarecida e eficiente.

Serviço Regional de Proteção Civil da Madeira celebra novo protocolo com a Escola Nacional de Bombeiros

O protocolo é válido por tempo indeterminado, permitindo ainda o intercâmbio entre formandos e formadores do SRPC e da ENB, em várias áreas formativas.
Comentários