Madeira aprova 822,6 mil euros para Associações de Bombeiros da Região

Assim, serão destinados 158,8 mil euros à AHBV da Ribeira Brava e Ponta do Sol, 147 mil euros à AHBV Madeirenses, 137,1 mil euros à AHBV da Calheta e 130,5 mil euros à AHBV de Câmara de Lobos.

O Governo Regional da Madeira aprovou esta quinta-feira, em Conselho de Governo, 822,6 mil euros às Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários da Região .

O montante tem como objetivo o pagamento de pessoal e combustíveis, no âmbito da atividade desenvolvida pelos Corpos de Bombeiros das Associações Humanitários de Bombeiros da RAM, com as Equipas de Combate a Incêndios Rurais (ECIR), no patrulhamento, na vigilância, na deteção e no ataque inicial de fogos rurais, com os oficiais de Ligação que desempenham funções no Centro Integrado de Comunicações do Comando Regional de Operações de Socorro e com os elementos que compõem as Equipas Helitransportadas e que garantem a Operacionalidade do meio aéreo, no âmbito do Prolongamento do Plano Operacional de Combate a Incêndios Florestais – 2021 e no Plano de Operacional de Combate a Incêndios Rurais 2022.

Assim, serão destinados 158,8 mil euros à AHBV da Ribeira Brava e Ponta do Sol, 147 mil euros à AHBV Madeirenses, 137,1 mil euros à AHBV da Calheta e 130,5 mil euros à AHBV de Câmara de Lobos.

A AHBV de São Vicente e Porto Moniz ainda recebe, no âmbito destes contratos-programa, 126,6 mil euros, a AHBV de Santana 117,8 mil euros e a AHBV do Porto Santo 4,6 mil euros.

O Executivo Regional aprovou também o Decreto Regulamentar Regional que estabelece as disposições necessárias à execução do Orçamento da Região Autónoma da Madeira para 2022.

Por fim, o Governo Regional autorizou a celebração de um contrato-programa entre a Região Autónoma da Madeira, através da Secretaria Regional de Saúde e Proteção Civil, e a Universidade da Madeira, no valor de 200 mil euros.

Este contrato-programa tem em vista a criação das condições financeiras necessárias à consolidação do Ciclo Básico do Mestrado Integrado em Medicina e a sua extensão ao terceiro ano do Mestrado Integrado em Medicina, procedendo.

Recomendadas

Câmara do Funchal organiza sessões de informação para investidores das Comunidades Madeirenses

Pedro Calado comprometeu-se também a manter a proximidade e ligação com as Comunidades Madeirenses, garantindo que durante o mandato iria visitar algumas delas com o intuito de manter a proximidade e a ligação com a emigração.

Madeira: Santo António abre candidaturas para apoio à aquisição de material escolar

Os alunos com o primeiro escalão da ASE receberão 25 euros, os alunos com o segundo escalão  terão direito a 30 euros, com o terceiro escalão receberão 35 euros e aos beneficiários do quarto e quinto escalão será atribuído um o montante de 40 euros.

Empréstimos às famílias da Madeira diminuem em 62,1 milhões de euros

No segundo trimestre de 2022, 72,7% dos empréstimos foram destinados ao segmento da habitação, e os restantes 27,3% a consumo e outros fins.
Comentários