Madeira considerada melhor destino europeu de cruzeiros

A presidente do conselho de administração dos portos da Madeira disse que a distinção reflete “o sucesso da nova estratégia levada a cabo pelos Portos da Madeira na sequência da Covid-19, reconstruindo a confiança dos turistas de cruzeiros, estimulando a procura e mantendo a região no topo das preferências do turismo de cruzeiro europeu”.

A Madeira foi considerada o melhor destino europeu de cruzeiros nos World Cruise Awards.

O secretário regional da Economia, Rui Barreto, disse que a distinção “reconhece, premeia, e celebra” a excelência no sector global dos cruzeiros. “É, por isso, o reconhecimento do trabalho realizado na região nos últimos anos em prol do turismo de cruzeiros, que tem permitido à Madeira ocupar um lugar de destaque a nível nacional no que se refere ao número de escalas, assim como de passageiros”, acrescentou o governante.

“O porto do Funchal foi o primeiro porto a abrir a nível nacional após a Covid-19 para receber navios de cruzeiro, depois de reunirem todas as condições em termos de equipamento e infraestruturas de forma a garantir que era uma porta de entrada segura”, sublinhou o secretário regional da Economia.

Já a presidente do conselho de administração da APRAM, Paula Cabaço, considera que a distinção é um “grande orgulho” e reflete “o sucesso da nova estratégia levada a cabo pelos Portos da Madeira na sequência da Covid-19, reconstruindo a confiança dos turistas de cruzeiros, estimulando a procura e mantendo a região no topo das preferências do turismo de cruzeiro europeu”.

Paula Cabaço salientou que a região se tem afirmado como um destino único, e pela sua “qualidade e capacidade de renovação” num mercado “altamente exigente e competitivo”, acrescentando que a distinção dos World Cruise Awards “vai certamente trazer frutos bastante positivos para o futuro que se avizinha”.

Entre janeiro a outubro os portos da região tiveram 227 escolas e 250 mil passageiros, quando no ano anterior se tinham registado 125 escalas e 117.289 passageiros.

O executivo regional salienta ainda os mais de seis milhões de euros investidos no Porto do Funchal, que incluíram a construção do novo terminal no cais seis, a substituição dos cabeços de amarração do cais sul, e o reforço do manto de proteção do porto do Funchal.

Recomendadas

Madeira: Movimento de passageiros nos aeroportos ficaram a mais de 30% acima dos valores de 2019

Entre janeiro e setembro de 2022, o movimento de passageiros nos aeroportos da RAM foi de aproximadamente 3.062,5 mil, significando um acréscimo homólogo de 134% e de 17% face aos valores registados nos primeiros nove meses de 2019. 

Madeira com défice de oito milhões de euros

À semelhança do ano anterior, mais de metade da despesa (51,9% da despesa total) foi canalizada para a área social, onde se destaca o sector da Saúde com uma execução orçamental de 280,3 milhões de euros e a Educação com 296,5 milhões de euros.

Governo Regional da Madeira investe mais de 80 milhões de euros em medicamentos

O envelhecimento demográfico, as doenças crónicas e a introdução de novos medicamentos aumentam as necessidades em saúde, a que o Serviço Regional de Saúde procura responder, sendo que existem doentes que exigem investimentos entre 20 mil a 500 mil euros.
Comentários