Madeira espera “desfecho favorável” para lesados do Banif

Governo Regional da Madeira considerou “muito positiva” a solução encontrada pelo executivo nacional para os lesados do BES e espera que seja encontrado um “desfecho favorável” semelhante para o caso do Banif.

Pedro Nunes/Reuters

“Vivendo outros cidadãos portugueses, de entre os quais se encontram muitos madeirenses, uma situação em tudo similar no caso Banif, espera o Governo Regional da Madeira que muito brevemente seja encontrado um desfecho favorável, que vá de encontro às angustiantes situações vividas por aqueles que são designados como lesados do Banif”, afirma o executivo madeirense em comunicado enviado à agência Lusa.

A posição do governo social-democrata liderado por Miguel Albuquerque surge depois de o executivo nacional ter apresentado, na segunda-feira, o mecanismo que permitirá minorar as perdas dos cerca de 4 mil clientes do BES que compraram papel comercial do Grupo Espírito Santo (GES), que foi à falência, e cujo reembolso nunca receberam.

Na região autónoma, o Governo Regional recorda que, após as reuniões que manteve ao longo do ano com a estrutura associativa que representa os lesados do Banif – a Alboa -, apresentou uma “proposta concreta” ao primeiro-ministro.

Recomendadas

OE2023. Maioria dos empresários defende mexidas no IRS

Inquérito da consultora EY conclui que mais de 90% dos empresários defende alterações no IRS para mitigar efeitos da inflação – essencial para suportar o consumo privado. Empresas continuam a dar nota negativa ao sistema fiscal português e face à crise energética sinalizam como medidas prioritárias a descida do IRC e do IVA sobre todos os escalões de consumo de eletricidade consideradas.

OE2023: Conselho de Ministros extraordinário discute documento na terça-feira

O Governo discute em Conselho de Ministros extraordinário na terça-feira a proposta de Orçamento do Estado para 2023, numa reunião que marca o começo do processo de aprovação do documento, que é entregue ao parlamento na segunda-feira.

Mercado Automóvel em Portugal cai 34,7% até setembro

Apesar do mercado automóvel ter caído entre janeiro e setembro, foram matriculados mais 12,8% automóveis no mês passado do que em período homólogo de 2021.
Comentários