Madeira: Estudantes do Instituto Superior Técnico apresentam barco movido a energia solar

“A ideia será trazer um conjunto de protótipos que serão fabricados em todo o lado na Europa, sobretudo pelos jovens, e realizar  aqui uma competição com efeitos demonstrativos”, frisou Miguel Albuquerque.

Um grupo de estudantes do Instituto Superior Técnico apresentou, esta sexta-feira, 3 de setembro, na marina do Funchal, o projeto ‘Técnico Solar Boat’, um barco constituído por painéis solares e que se move através da energia solar.

O projeto é apoiado pelo Governo Regional da Madeira e por parceiros privados. O Presidente do Executivo Regional, Miguel Albuquerque, explicou, na ocasião, que o objetivo é realizar na Região uma competição internacional no próximo ano.

“A ideia será trazer um conjunto de protótipos que serão fabricados em todo o lado na Europa, sobretudo pelos jovens, e realizar  aqui uma competição com efeitos demonstrativos”, frisou Miguel Albuquerque.

Quanto às condições necessárias para a realização desta prova, tal como o transporte, o governante referiu que isso seria apoiado pela Região, destacando que o Grupo Sousa também demonstrou interesse no projeto, sendo que o grupo apoiou também a vinda do conjunto de jovens do Instituto Superior Técnico.

Recomendadas

Madeira promove conferências sobre património cultural imaterial da região

A primeira conferência dará mote ao tema “Património Cultural Imaterial: Conceitos, Domínios e Inventário”. A segunda conferência é intitulada “Ter começado é meio caminho andado”, e aborda o papel da Secretaria Regional de Turismo na preservação deste património.

Funchal já aprovou 160 mil euros dos apoios municipais “Alavancar” e “Re-Abrir”

No total, são 500 mil euros disponíveis, a fundo perdido, dos quais 32% estão aprovados.

Um senhorio pode aumentar a renda em mais de 50%? Saiba aqui

O aumento da renda da casa é uma das preocupações mais comuns e que, na verdade, resulta da subida da inflação. Mas, apesar de haver algumas exceções, dependendo de contrato para contrato, os senhorios têm de respeitar algumas regras para proceder ao aumento da renda.
Comentários