Madeira: eurodeputada do PSD destaca bom uso de fundos europeus na área da saúde

A social democrata sublinhou ainda os investimentos que têm sido feitos nas novas tecnologias como instrumento auxiliar para os utentes e profissionais de saúde.

A eurodeputada madeirense, eleita pelo PSD, Cláudia Monteiro de Aguiar, destacou o bom uso de fundos europeus, pela região autónoma, na área da saúde, durante uma visita ao espaço que recebe a iniciativa Madeira Digital Health and Wellbeing, promovida pelo UNINOVA, e pelo Governo Regional através das Secretarias do Turismo e Cultura e Saúde e Proteção Civil no âmbito dos projetos Smart4Health, ICU4COVID, Smart Bear e Qualichain.

A social democrata sublinhou ainda os investimentos que têm sido feitos nas novas tecnologias como instrumento auxiliar para os utentes e profissionais de saúde.

Já o secretário regional de Saúde e Proteção Civil, Pedro Ramos, reforçou o pioneirismo da região autónoma, na implementação destes projetos, sublinhando que são quatro projetos “que a Madeira abraçou com ganhos de saúde para os utentes”.

O objetivo destes projetos passa pela promoção da digitalização nas áreas da saúde e bem-estar, através de uma  “plataforma de partilha de conhecimento e experiências com o tecido regional, e contribuir para a construção de uma comunidade vibrante e interativa de cidadãos, profissionais de saúde e fornecedores tecnológicos”.

Recomendadas

Madeira promove conferências sobre património cultural imaterial da região

A primeira conferência dará mote ao tema “Património Cultural Imaterial: Conceitos, Domínios e Inventário”. A segunda conferência é intitulada “Ter começado é meio caminho andado”, e aborda o papel da Secretaria Regional de Turismo na preservação deste património.

Funchal já aprovou 160 mil euros dos apoios municipais “Alavancar” e “Re-Abrir”

No total, são 500 mil euros disponíveis, a fundo perdido, dos quais 32% estão aprovados.

Um senhorio pode aumentar a renda em mais de 50%? Saiba aqui

O aumento da renda da casa é uma das preocupações mais comuns e que, na verdade, resulta da subida da inflação. Mas, apesar de haver algumas exceções, dependendo de contrato para contrato, os senhorios têm de respeitar algumas regras para proceder ao aumento da renda.
Comentários