Madeira: Festa da Flor regressa já em maio

As festividades, que irão ocorrer entre os dias 5 e 29 de maio, foram adiadas para o outono nos dois anos anteriores devido à crise pandémica por Covid-19. Para além da referência às flores da primavera, o evento celebra a tradição madeirense, com atuações de grupos folclóricos, os tapetes florais e os concertos musicais, entre outros espetáculos.

A Festa da Flor regressa ao seu horário normal em 2022, sendo que este ano a celebração das flores ocorre altura que lhe é devida – a primavera.

As festividades, que irão ocorrer entre os dias 5 e 29 de maio, foram adiadas para o outono nos dois anos anteriores devido à crise pandémica por Covid-19. Para além da referência às flores da primavera, o evento celebra a tradição madeirense, com atuações de grupos folclóricos, os tapetes florais e os concertos musicais, entre outros espetáculos.

Já no dia 7 de maio, pelas 10h00, irá ocorrer uma atividade destinada às crianças, as quais são convidadas a depositar uma flor no “Muro da Esperança”, na Praça do Município, no Funchal, num apelo simbólico à Paz. Esta é uma tradição que remonta ao ano de 1979.

Entre os dias 5 e 22 de maio está disponível a “Exposição da Flor”, na Praça do Povo, que constitui uma continuação da exposição que se realizava no Ateneu Comercial do Funchal, que se iniciou nos anos cinquenta. Na exposição as flores, produzidas na região, são avaliadas e apreciadas, sendo as melhores distinguidas por um júri especializado.

Ocorre também o Mercado das Flores e Produtos Regionais, na Placa Central, durante toda a duração da Festa da Flor. Aqui, os visitantes podem adquirir flores típicas da região, bem como produtos gastronómicos e bebidas típicas.

Outros eventos ligados às celebrações da Festa da Flor

O Torneio Palheiro Gardens Golf Classic, a ocorrer entre os dias 6 e 7 de maio no Palheiro Golf, é uma competição que une três características do Destino Madeira: os jardins, o golfe e o vinho Madeira. Esta competição conta com giveaways e com prémios que celebram o melhor desta Região, num fantástico programa que prevê uma Sunset Party no Palheiro Golf e um torneio shotgun com entrega de prémios nos Jardins do Palheiro.

No dia 13 de maio, irá ocorrer a Cerimónia do Muro da Solidariedade, na Praça do Povo, evento em que os utentes de várias instituições de solidariedade social constroem um muro com flores.

Os grupos participantes do cortejo alegórico da Festa da Flor denominados “Grupos da Flor” atuarão no Heliporto nos dias 14, 21 e 22 de maio. O evento requer bilhetes, mas estes são gratuitos e serão disponibilizados no Posto de Informações do Turismo.

São ainda realizados quatro concertos musicais, a ocorrer entre os dias 19 e 22 de maio, em espaços emblemáticos da ilha da Madeira com vista a descentralizar as festividades. Os bilhetes podem ser adquiridos aqui.

O “Madeira Flower Collection”, um evento de moda que se insere nas festividades, a ocorrer nos dias 21 e 22 de maio na Quinta Magnólia, pretende promover o sector da moda regional. O evento conta com a participação de um número de criadores de moda, na sua maioria madeirenses, que criam peças sob a inspiração das flores.

A destacar também o ‘Madeira Classic Car Revival’, um evento a decorrer entre 27 e 29 de maio na Praça do Povo. Trata-se de uma iniciativa organizada pelo Clube de Automóveis Clássicos da Madeira, que visa apreciar e premiar os melhores veículos antigos e clássicos da região.

Recomendadas

Madeira: Festival na Ponta do Sol recebe Tiago Bettencourt este sábado

Com atuação marcada para as 23h00 este sábado, dia 28 de maio, o cantor e compositor português e vocalista da antiga banda Toranja, Tiago Bettencourt, tem como temas mais conhecidos a rendição de ‘Canção do Engate, original de António Variações, e ‘Morena’. O seu mais recente álbum, ‘Rumo ao Eclipse’, foi lançado em 2020.

OE2022: Deputados do PSD-Madeira contrariam partido e abstêm-se de voto

Os deputados do PSD/Madeira justificaram hoje a sua abstenção na votação do Orçamento de Estado de 2022, aprovado hoje pela maioria parlamentar, por esperarem “boas concretizações” dos assuntos pendentes com a República e um melhor relacionamento institucional.

Governo dos Açores rejeita novas medidas para controlar pandemia de covid-19

 “Perante a inexistência de óbitos, perante a redução de casos em termos de internamentos em cuidados intensivos, não se afigura necessário tomar outras medidas. Se for necessário, tomaremos. Nesta fase, não”, afirmou.
Comentários