Madeira gera défice de 105 milhões de euros

Até agosto a região teve uma receita de 807,7 milhões de euros para uma despesa de 913,2 milhões de euros.

A Madeira acumula um défice de 105 milhões de euros, até agosto, de acordo com a Direção Regional do Orçamento e Tesouro, uma subida de 33,9% face ao défice de 159,5 milhões de euros do período homólogo.

Até agosto a região tem uma receita de 807,7 milhões de euros, mais 12,4%, face aos 718,5 milhões de euros do período homólogo.

As receitas fiscais atingem os 568,9 milhões de euros, mais 15,3 milhões de euros, do ano anterior. Os impostos diretos ficaram em 166,4 milhões de euros, mais 31,4%, enquanto que os impostos indiretos fixaram-se em 402,4 milhões de euros, mais 9,7%.

As despesas chegaram aos 913,2 milhões de euros, mais 4%, face aos 878,1 milhões de euros do ano anterior.

As despesas de investimento atingiram os 56,6 milhões de euros, mais 18%, as transferências de capital ficaram em 71,1 milhões de euros, mais 115,5%, enquanto que as transferências de capital para as administrações públicas atingiram aos 62,7 milhões de euros, mais 143,4%.

Recomendadas

Funchal: PAN critica “tiques de absolutismo” de PSD e CDS-PP

O partido diz que o Orçamento Municipal do Funchal, que foi aprovado na Assembleia Municipal, permite concluir que estamos perante uma vereação “sem rasgo, sem ideias, conduzida por um presidente de Câmara, Pedro Calado, cuja capacidade de resolução de problemas já é considerada, por um número crescente e cada vez maior de habitantes do Funchal, como uma desilusão”.

Madeira lança campanha para promover literacia na saúde

Entre os temas abordados estarão: a alimentação saudável, a promoção da atividade física, a prevenção de acidentes em diferentes idades e contextos, a saúde mental ao longo da vida, a prevenção de consumos de substâncias psicoativas, a prevenção de consumos de álcool e tabaco, o sono e o repouso recomendados e o uso adequado da medicação.

Asseco PST e LOQR estabelecem parceria para reforçar ligação à lusofonia

Com esta parceria as empresas pretendem auxiliar as instituições financeiras no seu processo de aceleração digital.
Comentários