Madeira: “Habitação está descontrolada e requer mais investimento”, alerta PS

O PS defende um investimento por parte do Governo Regional na habitação com verbas do Orçamento Regional para ajudar as famílias madeirenses.

No âmbito do roteiro de proximidade “Compromissos e Soluções”, o Grupo Parlamentar do PS-Madeira esteve, no passado domingo, em São Roque, no contacto com a população, tendo em vista os problemas existentes na Habitação. O líder parlamentar do PS, Rui Caetano, destacou que a “habitação está descontrolada e requer mais investimento”.

Rui Caetano vincou que o Governo Regional não teve, ao longo de décadas, uma estratégia de investimento na qualidade de vida dos madeirenses, o que fez com que existam atualmente cinco mil famílias madeirenses inscritas no IHM, algumas delas à espera há mais de quinze anos.

Da mesma forma, considerou que houve falta de apoios para que, não só as classes mais baixas, mas também a classe média, pudesse investir na reabilitação das suas habitações.

A subida da inflação e das taxas de juro irão fazer com que as pessoas tenham ainda menos possibilidades de continuar a pagar as suas despesas de habitação, situação agravada pelo baixo poder de compra da Região que é o mais baixo do país, salientou.

Para Rui Caetano, a alocação de 130 milhões do PRR para a habitação a custos controlados não será suficiente, uma vez que só cobrirá cerca de 30% das necessidades existentes, razão pela qual considera que o “problema da habitação na Madeira está descontrolado”. O PS defende, portanto, um investimento por parte do Governo Regional na habitação com verbas do Orçamento Regional para ajudar as famílias madeirenses.

Por fim, Rui Caetano pediu mais transparência nos critérios de atribuição de habitações a custos controlados, frisando que o Governo Regional continua a não revelar quais os critérios de acesso às habitações que serão construídas através do PRR. Essa ausência de informação tem provocado incerteza junto das famílias com carências habitacionais, relativamente ao que devem fazer, no presente e no futuro, para acesso a esses programas.

Recomendadas

Proteção Civil dos Açores pede à população que fique em casa devido ao mau tempo

Todas as ilhas dos Açores possuem vários avisos, alguns deles laranja, correspondentes a situações meteorológicas “de risco moderado a elevado”. No grupo ocidental o aviso é laranja mas está perto do vermelho, alerta a Proteção Civil.

PS acusa Lopes da Fonseca de mentir sobre construção de novas residências universitárias na Madeira

Rui Caetano salienta que a nova residência universitária garantida para o Funchal representa um investimento de 6,5 milhões de euros e irá disponibilizar 200 camas para estudantes universitários.

Eutanásia. Presidente da Assembleia da Madeira alega que Região não foi ouvida e pede veto

O presidente do parlamento da Madeira apelou hoje ao Presidente da República que não promulgue o diploma da despenalização da morte medicamente assistida, considerando que está ferido de inconstitucionalidade por falta de audição das Regiões Autónomas.
Comentários