Madeira: investimento da administração pública em tecnologias da informação e comunicação cai 16%

O investimento em tecnologias da informação e comunicação atingiu seis milhões de euros.

O investimento da Administração Pública Regional da Madeira ficou em seis milhões de euros, em 2021, uma quebra de 16,5% face ao período homólogo, de acordo com os dados da Direção Regional de Estatística (DREM).

Verificou-se que 7% dos organismos da Região Autónoma da Madeira (RAM) utilizam tecnologias de Inteligência Artificial, uma 4% face à Administração Pública Central.

“Já no que à Internet das Coisas (IoT) diz respeito, 18% dos organismos da RAM já utilizam dispositivos ou sistema interconectados que podem ser monitorizados através da Internet (IoT) e que permitem efetuar o controlo/monitorização da Gestão do Consumo de energia (30%), da segurança de instalações (80%), das necessidades de manutenção (80%) ou outras (40%)”, diz a DREM.

Ao nível da administração pública a existência de Redes Privadas Virtuais (VPN) atinge 98% dos organismos e a videoconferência em 86%.

“Somente 16% dos organismos adquiriram serviços de computação em nuvem, sendo que entre as razões para a limitação na utilização deste tipo de serviços, estão os “custos elevados de aquisição de serviços de computação em nuvem” (44%), os “problemas no acesso aos dados ou software” e a “incerteza sobre a legislação aplicável, jurisdição e o mecanismo de resolução de litígios” (33%, em ambos os casos)”, refere a DREM.

Os dados da DREM referem que 29% dos organismos da RAM efetuaram análise de Big Data (manuseamento de grandes volumes de informação), em 2020, face aos 20% da Administração Pública Regional.

Recomendadas

Câmara do Funchal lança campanha gratuita de recolha de “monstros”

O Município justifica a importância desta campanha, dado o aumento da produção de resíduos na quadra natalícia que se avizinha e de forma a garantir uma maior proximidade com a população. Os munícipes deverão contactar as respetivas Juntas de Freguesias para a devida inscrição, de modo a solicitar a recolha dos “monstros” na sua residência.

Madeira: Movimento de passageiros nos aeroportos ficaram a mais de 30% acima dos valores de 2019

Entre janeiro e setembro de 2022, o movimento de passageiros nos aeroportos da RAM foi de aproximadamente 3.062,5 mil, significando um acréscimo homólogo de 134% e de 17% face aos valores registados nos primeiros nove meses de 2019. 

Madeira com défice de oito milhões de euros

À semelhança do ano anterior, mais de metade da despesa (51,9% da despesa total) foi canalizada para a área social, onde se destaca o sector da Saúde com uma execução orçamental de 280,3 milhões de euros e a Educação com 296,5 milhões de euros.
Comentários