Madeira: IVBAM promove quarta edição do ‘Madeira Wine Educator Course’

Ao longo de cinco dias, os participantes terão a possibilidade de aprofundar e alargar os seus conhecimentos sobre as mais variadas temáticas relacionadas com a produção e com o sector do Vinho Madeira.

O Instituto do Vinho, Bordado e Artesanto da Madeira (IVBAM) promove até sexta-feira, dia 24 de junho, a quarta edição do ‘Madeira Wine Educator Course’, um curso técnico avançado, destinado a profissionais do sector do vinho que pretendem ficar habilitados e certificados para ministrar formação sobre o Vinho Madeira.

Nesta quarta edição, o curso conta com dez participantes, oriundos de diversos países, como Holanda, Portugal, Espanha, Estados Unidos, Dinamarca, Inglaterra e Brasil, todos eles com currículos proeminentes na área dos vinhos.

Os participantes foram selecionados, tendo em conta a avaliação do currículo, sendo de realçar fatores preferenciais como a formação na área da Enologia, Escola de Sommelier’s, Escola de Master’s of Wine, cursos WSET ou outros igualmente reconhecidos, bem como a experiência profissional comprovada como formador na área dos vinhos, preferencialmente em universidades, escolas, academias e associações do vinho e outras entidades ligadas ao sector.

Ao longo de cinco dias, os participantes terão a possibilidade de aprofundar e alargar os seus conhecimentos sobre as mais variadas temáticas relacionadas com a produção e com o sector do Vinho Madeira.

Serão abordados diversos temas, entre os quais: características da Região Demarcada da Madeira, História do Vinho Madeira, viticultura, castas e suas características, legislação aplicável ao Vinho Madeira, controlo de qualidade e certificação do Vinho Madeira, serviço do Vinho Madeira, e métodos para identificar alimentos que combinem com o Vinho Madeira.

Ainda no âmbito desta ação, serão realizadas visitas a explorações vitícolas, bem como visitas aos diversos produtores de Vinho Madeira, sendo de destacar que as aulas práticas decorrem na Escola Agrícola da Madeira, em São Vicente.

No final do curso, os formandos vão realizar um exame teórico-prático, e tendo aproveitamento, obtêm um certificado, que os habilita a dar formação sobre Vinho Madeira.

A Presidente do IVBAM, Paula Jardim Duarte, aponta que esta ação, que compreende cerca de 30 horas de formação, revela-se de extrema importância, pois é um excelente veículo para divulgação e promoção do Vinho Madeira, potenciando os formandos com conhecimentos exaustivos para que possam, no futuro, educar outros profissionais do sector, nos seus países, tornando-se assim, Embaixadores do Vinho Madeira.

Paula Jardim Duarte frisa ainda que “este curso demonstra o esforço que o Governo Regional e o IVBAM têm desenvolvido, apesar do período de dificuldade resultante da pandemia, no sentido de assegurar, também por esta via educacional, a visibilidade e notoriedade do Vinho Madeira sector de extrema importância para muitas famílias e para a economia regional”.

Esta ação é, em parte, cofinanciada em 85% por fundos comunitários, veiculados pelo Programa Madeira 14-20, sendo o restante montante suportado pelo Orçamento Regional.

Recomendadas

Companhia aérea espanhola Binter inaugura três novas rotas a partir da Madeira

A companhia aérea espanhola Binter inaugura este fim de semana um programa especial de verão na Madeira, realizando duas novas ligações diretas às Canárias e uma a Marrocos

Funchal: Coligação Confiança lamenta chumbo da proposta para estender manuais escolares gratuitos ao secundário

O Vereador Miguel Silva Gouveia destaca que com esta reprovação da proposta da Confiança, os estudantes do ensino secundário do Funchal não terão acesso a manuais escolares gratuitos no próximo ano letivo 2022/2023, nem sabem quando é que esse direito, que já é uma realidade a nível nacional, se cumprirá na Madeira.

Deco diz que a crise é uma realidade e os consumidores enfrentam cada vez mais dificuldades

A atuação da Deco passa pela análise da situação específica do consumidor com dificuldades financeiras ou endividado e pelo contacto com as entidades credoras com o objetivo de efetuar uma reestruturação dos contratos de crédito/dívidas e encontrar formas que permitam ao consumidor cumprir com as suas obrigações.
Comentários