Madeira: JPP queria ir mais longe na redução das taxas de IRS no Orçamento Regional para 2022

O líder parlamentar do JPP, Élvio Sousa, destaca que os madeirenses pagam mais de IRS do que os açorianos, com realidades insulares semelhantes.

O Juntos pelo Povo (JPP) queria ir mais longe na redução das taxas de IRS no Orçamento Regional para 2022, com uma proposta de aplicação do diferencial fiscal máximo de 30% face às taxas praticadas no Continente nos terceiro e quarto escalões.

O líder parlamentar do JPP, Élvio Sousa, destaca que os madeirenses pagam mais de IRS do que os açorianos, com realidades insulares semelhantes.

“O IRS é tesouraria que vai ficar na carteira dos cidadãos”, refere, salientando que a sua redução é também uma forma de atrair emprego qualificado.

O deputado Paulo Alves, também do JPP, realça que este orçamento carateriza-se pelo “despesismo” e por ser “deficitário”, com cerca de 208 milhões de euros de saldo global deficitário. “Ou seja, o que se prevê receber, não paga o que se pretende gastar”.

 

Recomendadas

Gasolina e gasóleo descem oito e nove cêntimos na Madeira

A gasolina passa dos 1,729 para os 1,648 euros por litro, e o gasóleo passa dos 1,708 para os 1,613 euros por litro.

Sabia que as dívidas também prescrevem? Saiba mais sobre estes prazos

Relembramos que existem exceções na lei que podem alterar algum destes prazos. Por isso, o melhor será sempre o consumidor contactar primeiramente entidades que o possam ajudar e não deixar arrastar a situação. 

Madeira regista 54 acidentes de viação no espaço de uma semana

No total houve 21 feridos ligeiros: oito no Funchal, três em Santa Cruz e Câmara de Lobos, dois na Ribeira Brava, na Ponta do Sol e em Machico e um em Santana. Houve também dois feridos graves no Funchal.
Comentários