Madeira: Machico recebe projeto de 6,2 milhões de euros para habitação a custos controlados

Num terreno que apresenta uma área de 6.105 m2, está prevista a construção de doze apartamentos de tipologia T1, e 24 apartamentos de tipologia T2, perfazendo-se um total de 36 apartamentos.

Um novo empreendimento habitacional com 36 fogos, num investimento de 6,2 milhões de euros, vai nascer no sítio da Bemposta, na freguesia de Água de Pena, em Machico, nas proximidades do concelho vizinho de Santa Cruz.

Trata-se de mais uma obra que saiu da 1ª fase da Oferta Pública lançada pela IHM no final de 2021, para a aquisição de novas habitações em regime de custos controlados, no âmbito do Plano de Resolução e Resiliência, e que irá permitir aumentar a oferta habitacional nos concelhos de Machico e de Santa Cruz.

O promotor deste empreendimento é a empresa Máxima Promoção, que, no projeto de arquitetura apresentado à IHM, idealizou a construção de três edifícios de habitação coletiva, com os respetivos estacionamentos em cave, incluindo várias zonas de arranjos exteriores e todas as infraestruturas previstas no loteamento.

Num terreno que apresenta uma área de 6.105 m2, está prevista a construção de doze apartamentos de tipologia T1, e 24 apartamentos de tipologia T2, perfazendo-se um total de 36 apartamentos.

Com o início das obras marcado para o final deste verão, este empreendimento deverá ficar concluído dois anos depois.

Recomendadas
médicos

Greve dos trabalhadores da saúde na Madeira antecipada para quinta-feira

A greve dos trabalhadores do sector da Saúde na Madeira foi antecipada para 30 de junho, visto que 1 de julho, o dia convocado para a paralisação, é feriado regional, o Dia da Região, informou esta quarta-feira um sindicato. “Devido ao feriado na região no dia 1 de julho, a greve de âmbito nacional na […]

Majoração de 2% nos apoios sociais aos residentes das Regiões Autónomas entra em vigor amanhã

A resolução da Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira n.º 13/2022/M, de 29 de junho, publicada esta quarta-feira em Diário da República, prevê, que à semelhança de outros apoios e majorações, também os apoios sociais da Segurança Social tenham uma majoração para os residentes das Regiões Autónomas.

Preço médio dos arrendamentos aumentou 4,2% na Madeira

A RAM foi a terceira região do país das NUTS III (que compreendem 25 regiões) com o valor mediano das rendas mais elevado (6,98 euros/m2), atrás da Área Metropolitana de Lisboa (9,10 euros/m2) e do Algarve (7,12 euros/m2). A média nacional corresponde a 6,16 euros/m2.
Comentários