Madeira: Passivo do SERAM diminui 96,9 milhões de euros

No primeiro trimestre deste ano o lucro do SERAM foi de 5,5 milhões de euros, mais 29,4% face ao período homólogo, e teve ainda um aumento do resultado operacional bruto (EBITDA) em cerca de 4,1 milhões de euros, mais 11,8%.

O passivo do Setor Empresarial da Região Autónoma da Madeira (SERAM) teve uma diminuição de 96,9 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano, menos 6,5%, em comparação com o período homólogo.

O relatório trimestral, da Secretaria Regional das Finanças, destaca também a redução da dívida financeira total (inclui suprimentos da RAM) do SERAM de 68 milhões de euros, ou seja, menos 7,5% face ao primeiro trimestre de 2021, bem como a redução da dívida não financeira de 20,8 milhões de euros, o que representa um decréscimo de 6,7%.

O SERAM aumentou a sua situação líquida em 24,9 milhões de euros, mais 2,7%, e teve um crescimento do volume de negócios em cerca de 15,9 milhões de euros, ou seja, cresceu 12,2%.

No primeiro trimestre deste ano o lucro do SERAM foi de 5,5 milhões de euros, mais 29,4% face ao período homólogo, e teve ainda um aumento do resultado operacional bruto (EBITDA) em cerca de 4,1 milhões de euros, mais 11,8%.

Por fim, registou uma melhoria do resultado financeiro em cerca de 900 mil euros, o que representa mais 26,2% face ao primeiro trimestre de 2021, e teve também uma melhoria da estrutura financeira, com o rácio do endividamento a diminuir 2,2 pontos percentuais (p.p.), o rácio de autonomia financeira a aumentar 2,2 p.p. e o rácio ‘debt to equity’ a baixar 0,1 p.p..

Recomendadas

Madeira: “Brigadas do Oceano” educa jovens para a preservação dos oceanos

O projeto pretende também sensibilizar para uma “maior consciência azul, atitudes assertivas em relação ao lixo marinho, conhecer a biodiversidade do mar da Madeira e o gosto por atividades e profissões ligadas ao mar”.

Madeira: “Os Verdes” dão ‘bandeira negra’ às obras do Caminho das Ginjas

O partido no âmbito da campanha SOS Natureza vai alertar para o acelerado declínio da biodiversidade, a degradação dos habitats e os sucessivos atentados ambientais, assinalando com bandeiras negras 40 pontos críticos em Portugal.

Hélio-3 e a Ascensão da Ditadura Chinesa

Os Chineses estão com uma vantagem colossal face aos principais concorrentes na produção desse combustível do futuro que muito provavelmente solucionará o problema energético do planeta.
Comentários