Madeira: PCP acusa Governo Regional de desqualificação dos bairros sociais

Duarte Martins realça que para além do isolamento sentido pelas pessoas, os investimentos prometidos e anunciados para os bairros sociais “não passam de propaganda”.

“Na Região Autónoma da Madeira o estado de desqualificação dos bairros sociais é um facto indesmentível”, aponta o dirigente regional do PCP Duarte Martins, durante uma visita ao Bairro da Nogueira, na freguesia da Camacha, na passada quinta-feira.

“Verificamos esta realidade de norte a sul da nossa Região, evidenciando que cada vez mais os bairros não são pensados para que as pessoas que lá habitam tenham todas as condições e serviços por perto, como é o caso concreto do Bairro da Nogueira, como de muitos outros bairros que já tiverem polos de centros de saúde, ATL´s, supermercados, escolas, postos de polícia, esquadras de bombeiros, zonas comerciais inseridas nos próprios complexos habitacionais e que  foram gradualmente desativadas, não porque as pessoas já não precisavam daqueles importantes serviços, mas porque o Governo Regional e as autarquias, simplesmente, abandonaram os bairros e os seus moradores, colocando as pessoas isoladas, segregando-as de um conjunto de valências de extrema importância para o dia-a-dia das vidas daquelas pessoas”, salienta.

Duarte Martins realça que para além do isolamento sentido pelas pessoas, os investimentos prometidos e anunciados para os bairros sociais “não passam de propaganda”.

“Está à vista de todos que o Governo Regional abandonou por completo os moradores dos bairros sociais da Região, não só pelo facto de terem fechado importantes serviços, mas também por não cumprirem com a tão prometida reabilitação do parque habitacional, que apresenta um elevado grau de degradação”, frisa.

“Nos bairros sociais os governantes negam todas as respostas de inclusão social e de participação cívica. Os governantes negligenciam tudo quanto deveria existir aqui de dinamização de um conjunto de atividades de promoção da educação, inclusão, formação e qualificação, dinamização comunitária, saúde, participação e cidadania”, diz, por fim.

Recomendadas

PremiumSofar Sound chega à Madeira com concertos em lugares inesperados

No meio da natureza, na praia ou nalgum edifício icónico, são alguns exemplos de “lugares incríveis” onde estes espetáculos, que duram duas horas, podem ter lugar.

PremiumChoux: a pastelaria que junta bolos franceses aos sabores regionais

A pasteleira Joana Gonçalves meteu ‘mãos à obra’ na altura da pandemia. As encomendas são uma parte importante do negócio, sendo que representam cerca de 50% do faturamento da empresa. É possível mandar fazer bolos de aniversário, sobremesas e cestos de piquenique.

Madeira: Comercialização de banana aumentou 12,6% em 2022

O aumento registado em 2022 foi transversal a todas as categorias de banana. Comparativamente ao ano anterior, a banana de categoria extra cresceu 14,3%, a de primeira categoria, 8%, e a de segunda, 2,1%.
Comentários