Madeira: PCP denuncia fraude nos apoios públicos à habitação

O deputado falava sobre o agravamento do problema habitacional na Região, onde vincou a desresponsabilização do Estado das suas “obrigações sociais”.

O deputado do PCP na Assembleia Legislativa da Madeira, Ricardo Lume, denunciou, no passado sábado, fraude nos apoios públicos à habitação na Região Autónoma da Madeira.

“Estamos num tempo em que os apoios públicos à construção de nova habitação se dirigem a sectores sociais com maiores rendimentos. Estamos num tempo em que o Governo Regional entrega verbas do PRR para a habitação a “custos controlados” de forma a engordar empresas de construção civil, que estão a fazer mais fortuna com dinheiros públicos que deveriam ser para quem precisa de habitação com arrendamento social”, aponta.

O deputado falava sobre o agravamento do problema habitacional na Região, onde vincou a desresponsabilização do Estado das suas “obrigações sociais”.

“Quer nas dificuldades dos jovens que ficam excluídos do fundamental direito à habitação, quer nas situações de quem foi empurrado para o crédito à habitação e que agora está confrontado com o aumento insuportável da prestação da casa ao banco, nestas e noutras situações, o que avoluma o problema habitacional é a desresponsabilização do Estado em relação aos seus deveres sociais”, concluiu.

Recomendadas

PremiumSofar Sound chega à Madeira com concertos em lugares inesperados

No meio da natureza, na praia ou nalgum edifício icónico, são alguns exemplos de “lugares incríveis” onde estes espetáculos, que duram duas horas, podem ter lugar.

PremiumChoux: a pastelaria que junta bolos franceses aos sabores regionais

A pasteleira Joana Gonçalves meteu ‘mãos à obra’ na altura da pandemia. As encomendas são uma parte importante do negócio, sendo que representam cerca de 50% do faturamento da empresa. É possível mandar fazer bolos de aniversário, sobremesas e cestos de piquenique.

Madeira: Comercialização de banana aumentou 12,6% em 2022

O aumento registado em 2022 foi transversal a todas as categorias de banana. Comparativamente ao ano anterior, a banana de categoria extra cresceu 14,3%, a de primeira categoria, 8%, e a de segunda, 2,1%.
Comentários