Madeira: pescadores já se podem candidatar a ajudas financeiras para combustível

Estarão disponíveis cerca de 30 mil euros que serão suportados pelo Orçamento Regional.

Os pescadores profissionais já se podem candidatar às ajudas financeiras que são concedidas pela Secretaria Regional de Mar e Pescas, para embarcações movidas a gasolina.

“É a primeira vez que as embarcações de pesca que utilizam este tipo de combustível na atividade piscatória têm consagrado um apoio financeiro, ao contrário do que sucede com as embarcações a gasóleo, que há vários anos pagam pelo gasóleo um preço muito inferior ao comum dos cidadãos e recebem ainda um acréscimo de 10 cêntimos/litro do Orçamento da Região”, diz a Secretaria Regional.

O secretário regional de Mar e Pescas, Teófilo Cunha, refere que fica assim cumprido um dos compromissos assumido perante os pescadores e armadores.

As candidaturas a este apoio podem ser feitas através da plataforma “Simplifica” do Governo Regional. “Este apoio vem compensar despesas efetuadas em 2021”, diz Teófilo Cunha.

Estarão disponíveis cerca de 30 mil euros, que serão suportados pelo Orçamento Regional.

Outra das reivindicações do sector estava relacionada com o aumento dos custos dos combustíveis e da energia, na sequência da invasão da Rússia à Ucrânia.

“A União Europeia permitiu à região que pudesse alocar verbas de outras áreas que não estivessem a ser utilizadas no apoio ao setor das pescas. Esse trabalho foi feito por nós, foi concedido a Portugal um valor para ser distribuído por armadores e empresas, desse valor a região receberá 405 mil euros para compensar os custos dos primeiros seis meses deste ano. O nosso trabalho está feito, estamos apenas à espera que Lisboa abra o aviso que permite a apresentação das candidaturas”, explica o secretário regional do Mar e Pescas.

Recomendadas

Funchal: Coligação Confiança vê proposta sobre ruído chumbada pelo PSD

A proposta previa auscultação prévia a um leque abrangente de entidades que incluem não só as forças de segurança, a ARAE, a ACIF e os sindicatos representativos do sector das actividades económicas, mas também a Provedoria da Justiça, os munícipes que tenham apresentado reclamação sobre ruído nos últimos cinco anos e demais interessados.

Câmara do Funchal aprova benefícios fiscais para novo projeto de reabilitação urbana

Pedro Calado destacou a aposta que a autarquia está a fazer na recuperação de imóveis degradados com a atribuição de benefícios fiscais, quase todas as semanas.

Valor da comercialização de Vinho da Madeira cresceu 8,4% apesar da quantidade ter recuado 2,7%

A comercialização no mercado nacional atingiu os 583,4 mil litros e rendeu um valor aproximado a 5,3 milhões de euros, dos quais 463,9 mil litros e 4,1 milhões de euros são das vendas efetuadas na Região Autónoma da Madeira.
Comentários