Madeira promove projeto para a educação para a segurança e prevenção de riscos

O objetivo do projeto é “desenvolver uma cultura de segurança na comunidade educativa, de forma a melhorar comportamentos e estratégias para lidar com diferentes situações de risco”.

A Madeira está a promover um projeto para a educação para segurança e prevenção de risco, junto da comunidade escolar, que tem por objetivo “desenvolver uma cultura de segurança na comunidade educativa, de forma a melhorar comportamentos e estratégias para lidar com diferentes situações de risco”.

No âmbito deste projeto foi realizado um simulacro de incêndio no infantário Refúgio do Bebé.

“Foi simulado um incêndio na cozinha e foram treinados os procedimentos de emergência constantes no Plano de Emergência deste estabelecimento de ensino. Toda a equipa do infantário mobilizou-se de acordo com o referido plano, com cada elemento da equipa a desempenhar de forma exemplar cada uma das missões atribuídas; alarme, alerta, tentativa de extinção, evacuação, receção dos bombeiros, etc. Este simulacro contou com a presença dos Bombeiros Voluntários Madeirenses e PSP, assim como com os técnicos do Serviço Regional e Municipal de Proteção Civil do Funchal e da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, que auxiliaram na observação e avaliação do exercício”, salienta a Secretaria Regional da Educação.

A 9 de novembro a maioria das escolas da região, pelas 11h09, vão participar num simulacro de sismo intitulado “Terra Treme”, uma iniciativa que será promovida pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil e “pretende treinar e sensibilizar para os procedimentos de autoproteção específicos nessa situação de risco natural”, refere a Secretaria Regional da Educação.

Recomendadas

Médicos internos preenchem totalidade das 39 vagas disponibilizadas à Madeira

Este processo, que decorre em simultâneo a nível nacional, é acompanhado na Região Autónoma da Madeira pelo Instituto de Administração da Saúde (IASAÚDE), entidade responsável pelo Internato Médico na Região.

Funchal: Prorrogado prazo de reabilitação da ETAR

Foi aprovada a participação da Câmara num instituto sem fins lucrativos, o Instituto para o Desenvolvimento e Inovação Tecnológica (IDEA).

Madeira aprova 74 contratos-programa de desenvolvimento desportivo no valor de quatro milhões de euros

Foi autorizada ainda a celebração de um acordo de cooperação entre o Instituto de Segurança Social da Madeira e a Associação Santana Cidade Solidária, de 21,4 mil euros, relativo ao financiamento das respostas sociais loja social e atendimento e acompanhamento social.
Comentários