Madeira recebe primeira Missão para estratégia transnacional de ecoturismo

Este projeto conta com 17 entidades parceiras: oito entidades das Ilhas Canárias, quatro entidades dos Açores, duas entidades de Cabo Verde e três entidades da Madeira, nomeadamente a Associação Comercial e Industrial do Funchal (ACIF), a Câmara Municipal de Câmara de Lobos e a Câmara Municipal do Porto Moniz.

A Madeira vai receber nos dias 12 e 13 de setembro a primeira Missão de Cooperação Eco-Tur2, que tem como objetivo implementar uma estratégia transnacional de ecoturismo, visando o património natural e cultural dos territórios.

Um Seminário transnacional, um workshop técnico, um comité de acompanhamento e várias visitas institucionais compõem o programa desta Missão que vai reunir cerca de 50 participantes, provenientes da Madeira, Canárias, Açores e Cabo Verde, na próxima semana.

O projeto ECO-TUR2, com a designação “Rede de municípios para a implementação da estratégia de ecoturismo transnacional, através da criação de produtos temáticos de ecoturismo”, enquadra-se no Eixo 4 do Programa de Cooperação INTERREG V-A: Conservar e proteger o ambiente e promover a eficiência dos recursos.

O ECO-TUR2 é a continuação do projeto ECOTUR, e pretende dar continuação à implementação da estratégia de ecoturismo concebida na primeira edição do projeto, por forma a gerar “Produtos Temáticos de Ecoturismo – T.E.P.”, que consiste, não só na reabilitação do património dos territórios para a sua valorização futura, mas também na oferta de experiências associadas. O objetivo é diversificar e estruturar a oferta de ecoturismo, consoante as caraterísticas únicas de cada território.

Este projeto conta com 17 entidades parceiras: oito entidades das Ilhas Canárias, quatro entidades dos Açores, duas entidades de Cabo Verde e três entidades da Madeira, nomeadamente a Associação Comercial e Industrial do Funchal (ACIF), a Câmara Municipal de Câmara de Lobos e a Câmara Municipal do Porto Moniz.

O primeiro momento desta missão terá lugar em Câmara de Lobos, com a realização do I seminário Transacional do Projeto ECOTUR2, onde serão apresentados os diferentes micro produtos turísticos temáticos já existentes em cada Região, seguindo-se uma visita à empresa Henriques & Henriques e um workshop no Hotel Quinta da Serra.

No segundo dia deste encontro, as reuniões e as visitas terão lugar no Porto Moniz, estando previsto, na parte da manhã, uma reunião de acompanhamento da execução do projeto e uma visita ao Hotel Aqua Natura e ao cento da cidade e, na parte da tarde, um passeio de barco pela costa do Porto Moniz.

Recomendadas

Madeira promove conferências sobre património cultural imaterial da região

A primeira conferência dará mote ao tema “Património Cultural Imaterial: Conceitos, Domínios e Inventário”. A segunda conferência é intitulada “Ter começado é meio caminho andado”, e aborda o papel da Secretaria Regional de Turismo na preservação deste património.

Funchal já aprovou 160 mil euros dos apoios municipais “Alavancar” e “Re-Abrir”

No total, são 500 mil euros disponíveis, a fundo perdido, dos quais 32% estão aprovados.

Um senhorio pode aumentar a renda em mais de 50%? Saiba aqui

O aumento da renda da casa é uma das preocupações mais comuns e que, na verdade, resulta da subida da inflação. Mas, apesar de haver algumas exceções, dependendo de contrato para contrato, os senhorios têm de respeitar algumas regras para proceder ao aumento da renda.
Comentários