Madeira regista 18 positivos e 32 recuperados de covid-19

A Madeira tem 307 casos ativos de coronavírus, 72 importados e 235 de transmissão local. 129 casos estão em estudo pelas autoridades de saúde.

Rafael Marchante/Reuters

A Madeira registou mais 18 casos positivos de coronavírus, totalizando 1130, a que se juntam mais 32 recuperações, elevando total para 816. Casos ativos passam de 321 para 307, indica os dados do Instituto da Administração da Saúde da Região Autónoma da Madira (Iasaúde).

Dos novos casos positivos de covid-19, cinco são importados, tendo quatro proveniência do Reino Unido e um da Polónia, a que se juntam mais 13 casos de transmissão local, “associados a contactos ou contextos de casos positivos anteriormente identificados”.

O Iasaúde refere que dos casos confirmados, “há a assinalar 5 casos na área da saúde, tratando-se de 4 doentes hospitalizados e 1 profissional de saúde identificados no âmbito do rastreio intrahospitalar efetuado no SESARAM, EPERAM”.

Dos casos ativos de coronavírus, 72 são importados e 235 de transmissão local. 35 pessoas cumprem isolamento em unidade hoteleira, 235 no alojamento, 18 estão internadas na Unidade Polivalente de covid-19 e um na Unidade de Cuidados Intensivos dedicada ao covid-19.

Existem 129 casos em estudo pelas autoridades de saúde, “todas relacionadas com contactos com casos positivos, situações reportadas à linha SRS24 ou pelo SESARAM, EPERAM”, diz o Iasaúde.

Em vigilância ativa estão 1986 pessoas devido a contactos com casos positivos, a que se juntam mais 12.103 pessoas “que estão a ser acompanhadas pelas autoridades, com recurso à aplicação MadeiraSafe”, diz a autoridade de saúde regional.

A operação de rastreio de viajantes nos portos e aeroportos da Madeira e do Porto Santo já realizou 122.036 testes ao covid-19, enquanto que o laboratório de Patologia Clínica do SESARAM já processou 201.117 testes ao covid-19.

A Linha SRS24 (800 24 24 20) já recebeu 21.413 chamadas, mais 231 face ao dia anterior.

Recomendadas

Câmara do Funchal anuncia lançamento de plataforma para acompanhamento de licenciamentos urbanísticos

O presidente da autarquia quer também “desburocratizar o sistema” e aproximar os arquitetos da “realidade pública”.

Madeira promove formação para resposta a cenários de catástrofe

Esta edição do curso vai formar mais de 160 profissionais de diferentes áreas da Região Autónoma da Madeira.

Madeira é a terceira região do país com menor oferta para arrendamento abaixo dos 750 euros

Na Madeira 20% da oferta para arrendamento está abaixo dos 750 euros por mês, numa lista liderada por Lisboa (5%). No Porto a percentagem fica em 19%.
Comentários