Madeira: Rita Andrade diz que executivo quer manter apoios a projetos que promovam a cidadania e solidariedade social

A garantia foi dada durante o enceramento da iniciativa ‘Férias Divertidas’, que reuniu 300 crianças.

A secretária regional da Inclusão e da Cidadania, Rita Andrade, diz que o executivo madeirense pretende manter os apoios a projetos que promovam a cidadania e a solidariedade social. A garantia foi dada durante o encerramento do projeto ‘Férias Divertidas’, da Associação de Desenvolvimento Comunitário do Funchal (ADCF) – Garouta do Calhau.

Nesta iniciativa esteve também presente o presidente da Assembleia Legislativa da Madeira, José Manuel Rodrigues, que destacou os “passos significativos” que a Madeira tem dado no desenvolvimento social.

O presidente da Assembleia Regional agradeceu o trabalho que tem sido feito pela ADCF, e também “o percurso, o esforço, e o mérito” de Nini Andrade Silva, fundadora da associação, que considerou ser “um exemplo para os mais jovens”.

José Manuel Rodrigues destacou também o apoio da associação “aos mais jovens, aos mais frágeis e aos mais idosos, para a construção de uma sociedade melhor”.

Já o presidente da ADCF, Ricardo Silva, salientou que quando o projeto das ‘Férias Divertidas’ se iniciou, o objetivo passava por tirar as crianças da rua. “Essas crianças não existem mais na Madeira, a Madeira está de parabéns”.

Ricardo Silva disse que “quem trabalha na área social tem feito um bom trabalho”, contudo salientou que existem ainda “crianças com problemas, para quem deve ser canalizada toda a ajuda”.

O projeto ‘Férias Divertidas’ reuniu cerca de 300 crianças. “Cada criança custa 175 euros, por mês. A despesa é totalmente coberta pela venda de rifas”, disse Ricardo Silva.

Recomendadas

Madeira: Investigadores defendem potencialidades do mar no desenvolvimento económico

O vice-presidente da Assembleia Legislativa da Madeira, Victor Freitas, destacou a importância do mar para o país, em particular para a Região, “que tem já muito trabalho desenvolvido”, apesar de a Secretaria do Mar só ter surgido neste último governo.

Madeira promove conferências sobre património cultural imaterial da região

A primeira conferência dará mote ao tema “Património Cultural Imaterial: Conceitos, Domínios e Inventário”. A segunda conferência é intitulada “Ter começado é meio caminho andado”, e aborda o papel da Secretaria Regional de Turismo na preservação deste património.

Funchal já aprovou 160 mil euros dos apoios municipais “Alavancar” e “Re-Abrir”

No total, são 500 mil euros disponíveis, a fundo perdido, dos quais 32% estão aprovados.
Comentários