Madeira: Sandra&Ricardo atuam este sábado no Centro Cívico de Estreito

Pela primeira vez a Orquestra de Bandolins, vai interpretar #Saudade, a mais recente música da dupla, que faz parte do sexto álbum, que está em processo de gravação.

Como parte do Ciclo de Concertos #JuntosSomos+, a dupla internacional Sandra&Ricardo apresenta-se este sábado, às 20h30, junto com a Orquestra de Bandolins de Câmara de Lobos, no Centro Cívico do Estreito de Câmara de Lobos.

A iniciativa, organizada pela Associação Diáspora no Mundo (ADNM), de entrada livre, procura unir valores e talentos da zona ressaltando a riqueza cultural e artística existente, e o importante trabalho de instituições que fazem vida na Região.

“É a segunda vez que atuamos junto à Orquestra de Bandolins, dirigida pela Professora Helena Sousa. É sempre uma experiência gratificante a partilha com crianças e jovens que têm um enorme amor pela música e o instrumento que interpretam”, apontou o cantor Ricardo.

Da mesma maneira, os artistas destacam que há uma estreia. Pela primeira vez a Orquestra de Bandolins, vai interpretar #Saudade, a mais recente música da dupla, que faz parte do sexto álbum, que está em processo de gravação.

“Estamos felizes por tudo o que foi realizado até agora, pelo processo criativo, pela partilha com diferentes artistas, e o resultado que estamos a conseguir, juntamente com excelentes profissionais na área musical. Em breve, vamos oferecer-lhes mais novidades”, ressalta artista Sandra.

Recomendadas

Madeira: JPP apresenta medida para baixar IVA dos bens essenciais

O deputado destaca que está nas mãos de Miguel Albuquerque baixar o IVA, por exemplo da taxa reduzida de 5% para 4%, medida que iria refletir na redução do preço dos bens essenciais, sobretudo do cabaz alimentar, tais como dos cereais, arroz, farinhas, massas, peixe, leite, carne e frutas.

easyJet inaugura rota entre Madeira e Milão

Serão realizados dois voos semanais.

PS alerta que 80% dos trabalhadores assalariados ganham o salário mínimo na Madeira

O deputado do PS, Miguel Iglésias, disse que isso fez com que mais de 20 mil madeirenses tenham abandonado a região na última década, e defendeu uma mudança nas políticas públicas para o emprego.
Comentários