Madeira: secretário da Economia inicia visita à Venezuela para internacionalizar economia regional

O programa da missão empresarial inicia-se na quarta-feira.

O secretário regional da Economia, Rui Barreto, está em missão empresarial, de oito dias, na Venezuela. Serão feitos contactos com empresários madeirenses presentes no país, num evento promovido pelo Instituto de Desenvolvimento Empresarial (IDE), que conta com apoios comunitários, através do FEDER, destinados a apoiar a internacionalização da economia regional.

“Esta missão empresarial tem por objetivo promover a Madeira enquanto destino de investimento e, neste caso em particular, aproveitar os fortes laços das comunidades madeirenses naquele território”, diz Rui Barreto.

O governante sublinha que dos 500 mil portugueses que estão na Venezuela, perto de 300 mil sejam madeirenses ou descendentes de madeirenses, o que “faz desta se não a maior comunidade de madeirenses do mundo, será com toda a certeza uma das maiores”.

No âmbito desta missão empresarial está previsto para dia 29 um encontro com o novo embaixador da Venezuela, João Pedro Fins do Lago, seguindo-se uma visita ao Centro de Formação, igualmente em Caracas. Está previsto um almoço com cerca de duas centenas de empresários madeirenses e descendentes de madeirenses.

O governante refere que este evento pretende “não apenas a homenagear e distinguir o espírito empreendedor dos empresários de origem madeirense e luso descendente, mas também a incentivá-los para que eles continuem a investir na nossa Região e nosso País, criando mais riqueza, mais emprego e trazendo atrás de si novos empreendedores”.

Para dia 30 está prevista uma visita ao Consulado de Portugal em Caracas. Segue-se uma deslocação para La Guaira onde está previsto, entre outras visitas e contactos com a comunidade, um encontro com empresários no Clube Luso em La Guaira. A missão empresarial volta depois a Caracas para um encontro com jovens empresários na área das tecnologias digitais.

A 1 de julho Rui Barreto vai representar o presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, nas comemorações do Dia da Região que terão lugar no Centro Português de Caracas e onde previstos vários contactos com a comunidade e empresários madeirenses.

“Nesse dia, estão previstos vários momentos, desde um almoço com a Comissão Pró Celebração do Dia da Região Autónoma, seguindo-se os hinos e o içar das bandeiras nacionais de Portugal e da Venezuela, bem como da Região. Está igualmente prevista uma Missa de Ação de Graças, seguindo-se as comemorações já no salão nobre do Centro Português de Caracas, com intervenções do presidente do Centro Português de Caracas, Sérgio Nunes, o embaixador de Portugal na Venezuela, João Pedro Fins do Lago, e o secretário regional da Economia, diz o programa da missão empresarial.

A 2 de julho há um novo encontro com empresários locais, em Caracas, e no dia 3 decorre uma visita ao Santuário de Nossa Senhora de Fátima para as celebrações religiosas.

No dia 4 estão previstos contactos com empresários madeirenses radicados em Caracas, e a no dia 5, que coincide também com as comemorações do dia da independência da República Bolivariana da Venezuela, está marcado o regresso da comitiva madeirense à Região.

Recomendadas

CDU Madeira “relativiza” sondagem distante de eleições regionais

A CDU diz que “os indicadores no que se reporta à CDU estão ao nível do que são projeções anteriores e portanto não há propriamente nada de novo. Está dentro do patamar de referência a que se atribui à CDU neste tipo de estudo a este tempo de distância”.

PS Madeira desvaloriza sondagem justificando com distância das eleições regionais

A sondagem da Aximage para o Jornal Económico/Económico Madeira dá ao PS entre 17,3% e os 20,6%, consoante os diversos cenários, distante dos 35,7% atingidos nas últimas eleições regionais.

Sondagem Madeira: CDS-PP reforça maioria absoluta atingida com PSD

Nos cenários em que PSD e CDS-PP se apresentam coligados, para as regionais, atingem maioria absoluta, diz a sondagem da Aximage para o Jornal Económico/Económico Madeira.
Comentários