Madeira: SESARAM promove formação em Suporte Avançado de Vida dirigido a médicos dos centros de saúde

Esta atividade formativa tem como principal objetivo preparar os profissionais e as equipas de saúde para a abordagem em situações de paragem cardiorrespiratória e para situações de abordagem a doentes críticos.

O Serviço de Saúde da RAM promoveu nos dias 26 e 27 de julho uma formação em Suporte Avançado de Vida (SAV), destinada a médicos Medicina Geral e Familiar afetos aos Centros de Saúde da RAM.

O curso decorre no âmbito do plano formativo de 2022 no Centro de Simulação Clínica da Madeira (CSCM) e conta com um total de 13 elementos. Esta atividade formativa tem como principal objetivo preparar os profissionais e as equipas de saúde para a abordagem em situações de paragem cardiorrespiratória e para situações de abordagem a doentes críticos.

O secretário regional de Saúde e Proteção Civil, Pedro Ramos, esteve, no dia 27 de julho no CSCM e destacou a importância destas ações de formação para promover o treino de  competências técnicas e não técnicas  na abordagem ao doente crítico e uniformização de procedimentos.

“Estes cursos representam um forte investimento realizado pelo SESARAM na diferenciação dos seus profissionais, com inúmeras vantagens para os utentes”, realçou o governante.

O CSCM integra várias áreas de formação clínica nas diversas especialidades médicas e de enfermagem. Desde o início da sua atividade, em 2012, realizou inúmeros cursos e formações com elevada taxa de frequência dos médicos de Medicina Geral e Familiar.

A Medicina Geral e Familiar, pela sua abrangência e especificidade assumiu uma área própria, criando formações dirigidas aos seus internos e especialistas, em plena articulação com as especialidades hospitalares.

O SESARAM é uma entidade formativa certificada pela entidade europeia European Ressuscitation Council.

Recomendadas

Funchal: Coligação Confiança aponta instabilidade no Executivo municipal

Miguel Silva Gouveia destaca que “agora que todos os vereadores com pelouros são do PSD, a realidade é que o CDS, formalmente, abandonou a Câmara do Funchal, abandonou a cidade do Funchal”.

Madeira: Iniciativa Liberal alerta para excesso de embarcações de pesca ao atum

O partido sugere, nesse sentido, que os governantes estudem a possibilidade de abater algumas embarcações, para os armadores que o quiserem fazer.

Remuneração mensal na Administração Regional da Madeira aumentou para 1.560 euros

Quanto às habilitações, no final de 2021, cerca de 58,8% dos trabalhadores da ARM tinham um curso superior, 23,2% o ensino básico e os restantes 18,9% o secundário. A idade média era de 48,7.
Comentários