Madeira tem disponível cinco milhões de euros para apoio a empresários da Venezuela

Esta verba faz parte de um alinha de crédito, do Estado central, que tem um valor de 50 milhões de euros.

A Madeira vai receber uma percentagem de 10%, dos 50 milhões de euros disponibilizados pelo Estado, através de uma linha de crédito, para apoio aos empresários da Venezuela que queiram investir na Madeira.

Esta medida foi anunciado por Jorge Carvalho, secretário regional da Educação, em resposta às perguntas levantadas por Rui Barreto, deputado do CDS-PP, durante a discussão do Orçamento Regional que decorre na Assembleia Legislativa da Madeira.

O governante voltou a referir que é competência do estado português dar resposta aqueles que regressam da Venezuela.

Jorge Carvalho reforçou que os luso-descentes, que vêm da Venezuela, estão num “plano diferente” dos outros.

“Eles são madeirenses, são portugueses. Têm acesso aquilo que qualquer outro cidadão tenha no país”, defendeu.

O governante em resposta aos deputados disse ainda que o enquadramento deste cidadãos é o mesmo que é prestado aos restantes, e que estas pessoas recebem apoio, em termos da educação, caso tenham dificuldades na aprendizagem da língua portuguesa.

Recomendadas

A crise pode constituir também uma oportunidade

No meio das crises há também oportunidades. A conjuntura que a Madeira enfrenta perante a desvalorização do euro face ao dólar é exemplo disso.

Madeira cria estrutura de missão para implementar Gabinete de Representação em Bruxelas

Foram ainda aprovados no Conselho de Governo três contratos-programa de desenvolvimento desportivo (CPDD) do Plano Regional de Apoio ao Desporto (PRAD) 2021/2022, de 186,4 mil euros.

Saiba como navegar na internet em segurança

Fraudes, roubos de identidade e dados, phishing, fake news, ataques a perfis, entre outros esquemas podem “atacar” os utilizadores do mundo digital caso não tomem as devidas precauções.
Comentários