13 navios e um milhão de euros para a passagem do ano na Madeira

Aos 13 navios deve-se juntar um veleiro, o Gunilla, que já pediu para fundear na passagem de ano.

Porto do Funchal (foto: APRAM – Portos da Madeira)

A Madeira terá 13 navios, e um veleiro, o Gunilla, que já pediu para fundear, para a passagem de ano, confirma a Administração dos Portos da Madeira (APRAM).

Entre os navios presentes na passagem de ano, na Madeira, estão: Sea Cloud Spirit”, Marellha Explorer”, “Borealis”, “Bolette” ”AIDAmar”, “Vasco“ da Gama”, “Amadea”, “Amera”, “AIDAnova”, “Mein Schiff 3”, “Queen Elizabeth”, “Mein Schiff Herz e “AIDA Sol”.

Na mensagem de natal a presidente do conselho de administração da APRAM, Paula Cabaço, referiu que estes “são números que alimentam a nossa esperança em tempos melhores”.

Nessa mesma mensagem é feita também alusão às 82 escalas de navios de cruzeiros, feitas nos portos da região autónoma, até 30 de novembro, “o que correspondeu a um movimento de mais de 70.000 passageiros”. A perspetiva é que a região ultrapasse “até ao final do ano as cerca de 100 escalas anunciadas” no início de outubro, acrescentou a presidente da APRAM.

“Nota máxima para o número de escalas no Porto Santo. Em três meses, tivemos mais cruzeiros naquela ilha, 11 navios, do que durante todo o ano de 2019”, referiu Paula Cabaço.

Para a passagem de ano a ocupação hoteleira deve atingir os 90%. O espetáculo de fogo de artifício terá oito minutos, e um investimento de um milhão de euros. Estão previstos 58 postos de queima de fogo localizados no anfiteatro do Funchal, cinco em embarcações na baía e dois no Porto Santo.

Recomendadas

Madeira: Movimento de passageiros nos aeroportos ficaram a mais de 30% acima dos valores de 2019

Entre janeiro e setembro de 2022, o movimento de passageiros nos aeroportos da RAM foi de aproximadamente 3.062,5 mil, significando um acréscimo homólogo de 134% e de 17% face aos valores registados nos primeiros nove meses de 2019. 

Madeira com défice de oito milhões de euros

À semelhança do ano anterior, mais de metade da despesa (51,9% da despesa total) foi canalizada para a área social, onde se destaca o sector da Saúde com uma execução orçamental de 280,3 milhões de euros e a Educação com 296,5 milhões de euros.

Governo Regional da Madeira investe mais de 80 milhões de euros em medicamentos

O envelhecimento demográfico, as doenças crónicas e a introdução de novos medicamentos aumentam as necessidades em saúde, a que o Serviço Regional de Saúde procura responder, sendo que existem doentes que exigem investimentos entre 20 mil a 500 mil euros.
Comentários