Maior projeto residencial do Porto já vendeu 75% dos primeiros 176 apartamentos

O Antas Atrium representa um investimento de 240 milhões de euros e arrancou a primeira fase da sua construção em setembro do ano passado e deverá a ter sua conclusão finalizada no último trimestre de 2023.

Depois de ter iniciado a sua comercialização em abril de 2021, o Antas Atrium, considerado o maior projeto residencial da cidade do Porto e com um investimento de 240 milhões de euros a cargo da joint-venture luso-espanhola entre a Albatross-Quantico, já vendeu 75% dos 176 apartamentos que serão colocados no mercado na primeira fase deste empreendimento, cuja construção teve início em setembro.

Este condomínio fechado terá nesta primeira fase uma área de 15.500 m2 e um edifício com 176 apartamentos apartamentos e quatro áreas comerciais, distribuídos em tipologias de T0 a T4, com varandas e terraços privados, estacionamento para todas as unidades, arrecadação e pontos de carga para carros elétricos.

No total vão ser mais de 110 mil m2 de construção acima do solo e que vão colocar no mercado de habitação 1.110 novas casas viradas para o segmento da classe média e a famílias portuguesas e estrangeiras. A conclusão da primeira fase está programada para o último trimestre de 2023.

Os preços das unidades que ainda estão para venda nesta primeira fase variam entre os 230 mil euros e os 576 mil euros.

Carlos Vasconcelos, administrador da sociedade promotora sublinha que “tem sido surpreendente a reação ao mercado a este projeto, 75% vendido num ano é sem sombra de dúvida um indicador que prova claramente que o projeto foi pensado e desenhado com a aposta nos vetores diferenciadores chave. Estamos já a programar o lançamento da segunda-fase”.

Recomendadas

Portugueses compraram mais de metade dos apartamentos de projeto no Parque das Nações

Com um investimento de 30 milhões de euros, o ‘O’Living’ conta com 86 apartamentos, sendo que 44 já foram vendidos na sua maioria a famílias portuguesas.

Promotora imobiliária portuguesa coloca mais 102 apartamentos no mercado

A Solyd Property Developers arrancou a construção do ‘Terraces Mirear’ Bloco B, que se encontra integrado no projeto que está a ser desenvolvido em Miraflores, depois de no final do ano passado ter lançado o primeiro edifício, o ‘Terraces Mirear’ Bloco A.

Ingleses investem mais de 100 milhões no ‘escritório do futuro’ em Moscavide

O projeto vai servir de extensão ao Parque das Nações e terá uma área total de escritórios de 41.100 m2 distribuídos por três pisos acima do solo, a que se juntam 18.700 m2 de zonas exteriores, tendo capacidade para receber 3.500 funcionários.
Comentários