75% dos clientes da MEO têm preços ligados à taxa de inflação

A empresa disse que até ao momento não avançou com atualizações de preços à taxa de inflação nos contratos atuais.

MEO

Cerca de 75% dos clientes da Meo podem vir a ter um aumento nos preços devido à taxa da inflação, a informação foi avançada por Malo Corbin, administrador financeiro da Altice International, detentora da MEO, e citada pelo “Eco“.

O jornal confirmou a informação junto de fonte oficial da Altice Portugal, que indicou que esta é a percentagem que corresponde aos contratos atuais com preços indexados à evolução do Índice de Preços no Consumidor (IPC). A empresa também disse que até ao momento não avançou com atualizações de preços à taxa de inflação nos contratos atuais.

De destacar que, nos últimos anos, a Meo tem procedido a aumentos anuais de 50 cêntimos, o valor mínimo que define por cada atualização, mas que agora pode ser superior consoante a inflação.

Em junho, o Instituto Nacional de Estatística (INE) revelou que a variação do IPC em Portugal, em termos homólogos, acelerou para 8,7%, um máximo desde dezembro de 1992.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quinta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quinta-feira.

Banco suíço UBS investe em unicórnio de inteligência artificial

O financiamento à norte-americana BigPanda ocorreu através da unidade de inovação e empreendedorismo UBS Next, que tem 200 milhões para startups tecnológicas e fintechs.

Passageiros nos aeroportos mais que quadruplicam no 2.º trimestre para 14,5 milhõe

O número de passageiros nos aeroportos nacionais mais do que quadruplicou no segundo trimestre deste ano, crescendo 329,3% em relação ao período homólogo, para 14,5 milhões, indicou a ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil.
Comentários