Mais 58 mil pessoas receberam a terceira dose da vacina contra a Covid-19

Só entre ontem e esta terça-feira, mais 4.068 pessoas dirigiram-se a um centro de vacinação nacional para receber uma dose do fármaco contra o vírus SARS-CoV-2, de acordo com a DGS.

O processo de vacinação continua a avançar em Portugal. Já são mais de 8,6 milhões as pessoas em Portugal que receberam as duas doses da vacina (vacinação primária) contra a Covid-19, o que corresponde a 86% da população portuguesa, segundo o relatório da Direção-Geral da Saúde (DGS) divulgado esta terça-feira.

Só entre ontem e hoje mais 4.068 pessoas dirigiram-se a um centro de vacinação nacional para receber uma dose do fármaco contra o vírus SARS-CoV-2. Já a vacinação de reforço (comumente conhecida como terceira dose) abrange neste momento 1.660.791 pessoas (mais 58.435), sendo que a faixa etária dos 70 aos 79 anos é aquela que tem mais expressão na tabela das terceiras doses (559.002 pessoas).

Quanto à vacinação contra a gripe, as autoridades de saúde contabilizam 2,1 milhões de pessoas, depois de mais 23.288 terem recebido a vacina.

Segundo a DGS, relativamente ao dia anterior, foram registadas mais 85.791 inoculações de vacinas contra a Covid-19 (esquema primário completo e reforço) e contra a gripe.

Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais 3.417 casos de Covid-19 e 21 mortes associada à doença causada pelo novo coronavírus, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado esta tarde pela DGS. Assim, o número total de infetados pelo vírus SARS-CoV-2 é superior a 1,17 milhões (1.172.420 contágios) e o número oficial de vítimas mortais encontra-se acima das 18 mil (18.572 óbitos).

Recomendadas

SIC: Alargamento da dedução dos juros da habitação em sede de IRS poderá abranger mais de 660 mil famílias

Segundo a SIC Notícias, se a medida for incluída no Orçamento do próximo ano, como se espera, poderá abranger mais de 660 mil famílias. 

OE2023: PAN critica “rumo de desvalorização salarial” da função pública

A porta-voz do PAN criticou hoje a proposta de aumentos salariais para a função pública, apontando um “rumo de desvalorização salarial” e alertando que os funcionários públicos “viverão com menos recursos” no próximo ano.

OE2023: Iniciativa Liberal vai insistir no desagravamento de vários impostos

O líder da Iniciativa Liberal (IL) disse hoje, em Coimbra, que o partido vai apresentar cerca de uma dúzia de propostas de alteração ao Orçamento de Estado para 2023, que visam o desagravamento de vários impostos.
Comentários