Mais de 47 mil de crianças já têm creche gratuita, anuncia ministra

Governo vai lançar na próxima semana uma aplicação móvel para os pais verem que vagas existem no concelho para creches gratuitas, anunciou a ministra do Trabalho, no Parlamento.

João Relvas/Lusa

Mais de 47 mil crianças já têm direito a creche gratuita, anunciou esta terça-feira a ministra do Trabalho, numa audição parlamentar. Ana Mendes Godinho aproveitou também para dar nota aos deputados de que cerca de uma centena de creches privadas já fazem parte deste programa e para revelar que na próxima semana será lançada uma aplicação móvel que permitirá aos pais apurarem que vagas estão disponíveis no seu concelho.

Lançada em setembro do ano passado, a gratuitidade das creches começou por se dirigir apenas às crianças nascidas a partir de 1 de setembro de 2021, que estavam a frequentar as creches do sector social e solidário ou as amas da Segurança Social, mas desde o início do ano de 2023 que também abrange as crianças (nascidas a partir da mesma data) que frequentem creches do sector privado, quando não há vagas na rede protocolada.

O Iniciativa Liberal chamou ao Parlamento a ministra do Trabalho para prestar esclarecimentos sobre esta medida e Ana Mendes Godinho está, assim, a ser ouvida pelos deputados esta quarta-feira.

Foi nesse âmbito que a governante anunciou que 47.369 crianças já estão abrangidas pela gratuitidade das creches, além de ter adiantando que 106 creches privadas já fazem parte deste programa.

Mais, está a ser “ultimada e testada” uma app, que se chamará “Creche Feliz” e permitirá aos pais verem no seu concelho que oferta está disponível.

Essa ferramenta deverá estar disponível a partir da próxima semana, indicou Ana Mendes Godinho. E a partir de fevereiro, deverá mesmo ser possível reservar vagas nas creches através dessa aplicação móvel, sinalizou a ministra.

Por outro lado, para acompanhar a procura, o Governo está apostado em alargar o número de vagas nas instituições em causa. “Inicialmente, assumimos o compromisso de 10 mil vagas. Evoluímos por sentir que era insuficiente face à procura que prevemos para os próximos anos”, sublinhou a governante.

Ana Mendes Godinho aproveitou para destacar ainda que o Orçamento do Estado para 2023 tem 1.800 milhões de euros dedicados às famílias com crianças. “São mais 280 milhões de euros do que no ano passado. E se compararmos com 2015, percebemos que [esse valor] significa mais 740 milhões de euros no apoio social dado às famílias”, realçou a responsável.

Recomendadas

JE Bom Dia. Fed deverá abrandar subida dos juros

Bom dia. Com a inflação a dar sinais de descida, o presidente da Fed, Jerome Powell, deverá anunciar uma subida mais contida dos juros. Em Wall Street, prossegue a época de resultados.

Revista de imprensa nacional: as notícias que estão a marcar esta quarta-feira

Pedro Nuno Santos prolonga suspensão do mandato; Fecho do ano traz otimismo mas famílias vão continuar a sofrer; Imposto fez baixar 38% a venda das bebidas mais açucaradas.

Ligações ferroviárias de Lisboa a Corunha e Madrid entre projetos apoiados pela UE

O executivo comunitário anunciou hoje que escolheu 10 projetos-piloto que apoiará para estabelecer novos serviços ferroviários ou melhorar os já existentes, apontando que, no seu conjunto, “irão melhorar as ligações ferroviárias transfronteiriças em toda a União Europeia, tornando-as mais rápidas, mais frequentes e mais acessíveis”.
Comentários