Mais de 80% dos unicórnios estão na cloud, destaca Adam Selipsky

Para o CEO da Amazon Web Services, a nuvem permite às empresas moverem-se em quatro cenários diferentes: vasto, incomensurável, extremo e de possibilidades futuras.

O CEO da Amazon Web Services (AWS) reiterou esta terça-feira que a migração de dados para a cloud – sobretudo a que assentar nas soluções da marca que lidera – adequa-se a organizações de qualquer dimensão.

“Não são apenas as grandes empresas [que têm esta tecnologia]. De acordo com a PitchBook, existem mais de mil unicórnios no mundo e a maioria (83%) utiliza cloud da AWS. E mais de 90% das startups orientadas para a cloud também têm os seus negócios em AWS”, afirmou Adam Selipsky, na conferência anual da AWS que decorre em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Na sua opinião, a nuvem dá às empresas a capacidade para estarem à frente da concorrência e permite-lhes moverem-se em quatro cenários diferentes: vasto, incomensurável, extremo e de possibilidades futuras. Um dos exemplos de maior dimensão é a francesa Engie, que utiliza este tipo de computação para melhorar as suas infraestruturas de energia renovável ou desenvolver internamente o CommonDataHub.

Biljana Kaitovic, vice-presidente do grupo Engie com a pasta da Tecnologia da Informação e do Digital, entrou no palco do centro de congressos do hotel Venetian com uma lembrança misturada de alerta: em 1882 a necessidade energética era de 9 mil terawatts por hora, um terço do que os Estados Unidos consomem atualmente), hoje é de 180 mil TWh e a previsão é que atinja os 250 mil TWh no médio prazo.

“Precisamos de energia para estar acessíveis, mas também para a transição para uma economia neutra em carbono. Não temos muito mais tempo para lidar com esta crise climática. Cada dia conta”, advertiu Biljana Kaitovic, presente na mesma sessão. Segundo a executiva da Engie, os dados servem para otimizar a utilização e produção de energias renováveis e gerir a energia descentralizada, através da blockchain.

O re:Invent 2022 conta com cerca de 50 mil participantes em Las Vegas, além de aproximadamente três mil inscritos na versão digital.

Recomendadas

Sete imagens dos primeiros dias do evento anual da Amazon Web Services

Pavilhões para palestras, formações e exposições, zonas de trabalho e lazer e salas de coworking são alguns dos espaços que existem no recinto do re:Invent 2022.

Ferrari vai lançar aplicação móvel em 2023 com a Amazon Web Services

A ‘app’ será dedicada à equipa de Fórmula 1 Scuderia Ferrari e estará online no próximo ano. “Não se pode descurar a inovação”, disse Jock Clear, engenheiro mecânico e ‘coach’ do piloto Charles Leclerc, na conferência tecnológica re:Invent.

Hidrogénio é aposta para a alteração do mix energético

O verdadeiro ‘stress energético’ em que a Europa está submergida obriga a decisões rápidas, que têm nas renováveis a opção mais aceitável. Mas todas as opções devem estar em aberto – a nuclear inclusivé.
Comentários