Mais de metade dos portugueses prefere comprar a arrendar uma casa (com áudio)

Ainda que o preço das casas continue a aumentar de forma progressiva, em Portugal mais de metade da população tem uma casa adquirida, superando a média europeia.

Apesar do preço das casas continuar a aumentar em Portugal (entre novembro de 2020 e novembro 2021 registou-se um incremento de 11,7%), a maioria dos portugueses continua a preferir comprar um imóvel invés de o arrendar.

De acordo com os dados divulgados esta quinta-feira pelo gabinete de estatísticas europeu, Eurostat, em 2020, 69,7% da população da União Europeia vivia num agregado familiar com casa própria, enquanto os restantes 30,3% habitava numa casa arrendada. Em Portugal, o número de pessoas com casa comprada sobe para 77,3% enquanto que o número de inquilinos desde para 22,7%.

A Roménia é o país dos 27 Estados-membros com mais proprietários de casa (92,3% contra 7,7% de pessoas que habitam em casas arrendadas), seguindo-lhe a Eslováquia (92,3% contra 8,7%) e a Croácia e a Hungria ocupam a terceira posição (91,3% contra 8,3%).

E esta é uma tendência que se verifica em todos os Estados-membros, ainda que na Alemanha a percentagem de proprietários de casa contra pessoas que habitam em casas arrendadas decresça para 59,4% e 49,6%, respectivamente.

 

Relacionadas

Preços das casas com subida homóloga de 11,7% em novembro

Em relação ao mês anterior verificou-se também um crescimento de 1,3%, sendo este o terceiro aumento mensal consecutivo. Preço médio de venda a nível nacional fixou-se nos 1.878 euros/m2.

Preços das casas subiram 9,9% no terceiro trimestre

Valor representa um crescimento de 3,3 pontos percentuais (p.p) face ao trimestre anterior. Preços da habitação nova com aumento de 9,5%.
Recomendadas

GuestReady expande operações de Alojamento Local para a Região Autónoma da Madeira

A aquisição da AYS Madeira Property Management marca a estreia do grupo especializado na gestão de alugueres a curto e médio prazo naquela região, depois de já ter adquirido a Oporto City Flats, em 2019, e a The Porto Concierge, em 2021.

ORES Portugal compra três hipermercados por 26,2 milhões que alugará ao Continente (com áudio)

Os três ativos imobiliários são objeto de contratos de arrendamento de longa duração com o Continente, do grupo Sonae, segundo um comunicado da SIGI do Bankinter e da Sonae Sierra.

Renda média da habitação com aumento homólogo de 320 euros em novembro

Em relação a novembro de 2021, os valores das rendas mais do que duplicaram em Évora (111,3%), que passou a ser o terceiro distrito mais caro (1.234 euros) depois do Porto e Lisboa, onde o valor da renda chega quase aos dois mil euros.
Comentários