Mais uma fusão na banca em Espanha em fase de conclusão: Unicaja e Liberbank

A concretizar-se a operação dará origem à quinta maior instituição financeira em volume de ativos em Espanha. Ambas as instituições financeiras já se encontram na fase final de um processo cujos contactos preliminares foram confirmados no início de outubro.

O mercado espanhol tem mais uma fusão entre bancos na reta da meta. Desta vez é a fusão do banco com sede em Málaga, a Unicaja e o Liberbank (que resultou da fusão do Grupo Cajastur, Caja de Extremadura e Caja Cantabria).

O Unicaja Banco e o Liberbank estão a rever os aspectos mais relevantes que fazem parte do acordo de fusão e prevê-se que dêem o passo final para a sua integração nas próximas semanas, segundo fontes financeiras informaram a Europa Press.

Ambas as instituições financeiras já se encontram na fase final de um processo cujos contactos preliminares foram confirmados no início de Outubro passado, após o anúncio da fusão entre o CaixaBank e o Bankia para a criação do maior banco de Espanha.

Poucos dias depois, os conselhos de administração do Unicaja Banco e do Liberbank decidiram retomar formalmente as conversações para negociar uma possível operação de consolidação, momento em que conferiram aos consultores externos um mandato para iniciar a fase de due diligence (auditoria jurídica), durante a qual trocaram informações e tiveram acesso aos seus respectivos livros, relata a imprensa espanhola.

O rácio de troca é uma das principais incógnitas neste tipo de operação, pois determina a participação de controle de cada entidade no grupo resultante da fusão.

A concretizar-se a operação dará origem à quinta maior instituição financeira em volume de ativos em Espanha (já admitindo a conclusão da fusão entre o CaixaBank e o Bankia), somando 108.826 milhões de euros (63.002 milhões do Unicaja e 45.824 milhões do Liberbank, segundo dados Junho de 2020), revela a Europa Press.

A entidade combinada terá 9.972 funcionários (6.274 do Unicaja Banco e 3.698 do Liberbank) e uma rede de 1.608 agências (1.029 do Unicaja e 579 do Liberbank).

Recentemente o Sabadell e o BBVA romperam as negociações para uma fusão entre as duas instituições, sem que tivessem chegado sequer à fase da due-diligence.

A maior fusão em Espanha foi no entanto a do CaixaBank com o Bankia que criou o maior banco no mercado doméstico espanhol.

As operações de fusão são uma das formas de os bancos ganharem escala, melhorarem a eficiência e aumentarem a rentabilidade, elementos de grande importância num contexto marcado por taxas de juro em mínimos históricos e pelos efeitos da crise do coronavírus.

Recomendadas

BNA levanta suspensão da participação no mercado cambial imposta ao Finibanco Angola

O Finibanco Angola tinha sido suspenso de participar no mercado cambial, por um período de 45 dias, pelo Banco Nacional de Angola (BNA), depois de o supervisor bancário angolano detectar incumprimentos durante uma inspecção pontual, em meados de agosto.

Banco de Portugal mantém a zero a exigência aos bancos de um “reserva contracíclica de fundos próprios”

O Banco de Portugal revelou o tradicional comunicado sobre a reserva contracíclica de fundos próprios, desta vez relativa ao 4.º trimestre de 2022. O supervisor vai manter a dispensa de constituição de reserva contracíclica para a banca no quatro trimestre deste ano, à semelhança do que sucedeu nos anteriores.

Merlin Properties compra sede do Novobanco na Avenida da Liberdade por 112 milhões

A informação do comprador foi confirmada pela entidade bancária esta sexta-feira em comunicado, depois de já ter avançado com o valor do negócio nas últimas semanas.
Comentários