Manchester United rescinde contrato com Cristiano Ronaldo

A decisão foi comunicada pelo emblema inglês, dando conta que a rescisão do contrato com o jogador português foi realizada por “mútuo acordo”, tendo “efeitos imediatos”.

Cristiano Ronaldo já não é jogador do Manchester United. A decisão foi confirmada pelo clube inglês através de um breve comunicado na sua página oficial esta terça-feira, 22 de novembro.

A rescisão do contrato com o internacional português foi feita por “mútuo acordo”, e tem “efeitos imediatos”.

“O clube agradece a ele [Cristiano Ronaldo] pela sua imensa contribuição nas duas passagens por Old Trafford, marcando 145 golos em 346 partidas, e deseja a ele e à sua família o melhor para o futuro”, pode ler-se no comunicado do Manchester United.

Recorde-se que na última semana Cristiano Ronaldo concedeu uma entrevista ao jornalista britânico Piers Morgan, na qual deixou duras críticas à estrutura diretiva do Manchester United, bem como ao atual treinador, Erik Ten Hag.

“Se me respeita? Acho que não me respeita como eu mereço. Mas é como é”. Ten Hag quis mostrar quem era o chefe. Sempre mencionou que não fiz a pré-temporada e que tinha de esperar a minha oportunidade. Eu percebo. Não lhe vou dar pontos, mas não o fez assim com todos”, afirmou.

Cristiano Ronaldo ficou também desiludido pelas condições em que encontrou o clube, treze anos depois da sua saída. “Pensei que tudo tinha mudado. Foram 13 anos. E quando cheguei pensava que tudo ia ser diferente, em termos de tecnologia, infraestrututras, mas fiquei surpreendido pela negativa de que tudo estava igual. Ole Gunnar Solskjaer tinha sido despedido, Carrick orientou a equipa dois jogos, o Chelsea estava longe… A instabilidade no clube, pararam o relógio, surpreendeu-me, não esperava. Foi duro, não o esperava”, referiu.

Recomendadas

Santos Silva nega problema com o Qatar e assegura tranquilidade aos emigrantes (com áudio)

O presidente da Assembleia da República (AR), Augusto Santos Silva, assegurou hoje que não há qualquer problema de relacionamento entre Portugal e o Qatar, e salientou que todos os portugueses residentes naquele país asiático “podem estar tranquilos”.

Mundial2022: Federação do Irão acusa a dos EUA de suprir símbolo de Alá

“Num ato não profissional, a página do Instagram da Associação Americana de Futebol removeu o símbolo de Alá da bandeira iraniana”, denunciou agência de notícias oficial Irna, que revelou o facto da federação iraniana ter enviado um email à FIFA “para exigir que envie um aviso sério” à sua congénere.

Enzo. Novo herói da Argentina (e o jogador mais valioso da Liga) valorizou 30 milhões num ano

O jogador mais valioso da Liga Portugal precisou apenas de 64 minutos no Mundial para mostrar todo o seu valor. Resolveu a importante partida frente ao México, recebeu os elogios de Lionel Messi e viu o seu passe valorizar 30 milhões de euros no espaço de um ano.
Comentários