“Maquiavel para Principiantes”. “Portugueses sentem-se enojados com tantos casos de poderosos”

“A imagem é sempre má, seja para a Justiça ou mesmo para Manuel Pinho. Não se pode andar a brincar com a vida dos portugueses que se sentem quase enojados com tantos casos de poderosos. As pessoas querem ver consequências destes casos, sejam boas ou más”, realçou Rui Calafate na edição desta semana do podcast do JE que pode ser ouvido esta quarta-feira.

 

Na edição desta semana do podcast do JE, “Maquiavel para Principiantes” (que irá para o ar esta quarta-feira), o consultor de comunicação Rui Calafate abordou a detenção do antigo ministro da Economia, Manuel Pinho, para destacar a lentidão dos processos judiciais e a perceção dessa morosidade por parte da opinião pública.

“A imagem é sempre má, seja para a Justiça ou mesmo para Manuel Pinho. Não se pode andar a brincar com a vida dos portugueses que se sentem quase enojados com tantos casos de poderosos. As pessoas querem ver consequências destes casos, sejam boas ou más”, realçou Rui Calafate na edição desta semana do podcast do JE que pode ser ouvido esta quarta-feira.

No âmbito do caso EDP, o juiz Carlos Alexandre aplicou ao antigo ministro da Economia, Manuel Pinho, as medidas de coação de prisão domiciliária ou caução de seis milhões de euros e a apreensão de passaporte.

Manuel Pinho foi constituído arguido no âmbito deste caso no verão de 2017, por suspeitas de corrupção e branqueamento de capitais, num processo relacionado com dinheiros provenientes do Grupo Espírito Santo. No processo EDP/CMEC, o Ministério Público imputa aos antigos administradores António Mexia e Manso Neto, em coautoria, quatro crimes de corrupção ativa e um crime de participação económica em negócio.

O caso está relacionado com os Custos de Manutenção do Equilíbrio Contratual (CMEC) no qual Mexia e Manso Neto são suspeitos de corrupção e participação económica em negócio para a manutenção do contrato das rendas excessivas, no qual, segundo o Ministério Público, terão corrompido o ex-ministro da Economia Manuel Pinho e o ex-secretário de Estado da Energia Artur Trindade.

Recomendadas

Diferendo entre Ordem dos Advogados e Conselho de Deontologia de Lisboa volta “à estaca zero”

O despacho deixa o recurso apresentado em janeiro desse ano pelo bastonário, Luís Menezes Leitão, novamente por decidir, contrariando o próprio entendimento que esta 3.ª Secção do CS havia tido anteriormente.

Luís Menezes Leitão formaliza recandidatura a bastonário da Ordem dos Advogados

O atual bastonário da Ordem dos Advogados, Luis Menezes Leitão, anunciou que formalizou esta terça-feira em Lisboa a sua recandidatura ao cargo para o triénio 2023-2025.

Ministra da Defesa ouvida no parlamento dia 11 de outubro sobre ciberataque

A ministra da Defesa Nacional, Helena Carreiras, vai ser ouvida no parlamento no próximo dia 11 de outubro, à porta fechada, sobre o ciberataque que levou à exfiltração de documentos classificados da NATO, a requerimento do PSD.
Comentários