Marca espanhola de equipamentos desportivos reforça patrocínio do COP

A JOMA detém atualmente, no nosso país, também o patrocínio da Maratona do Porto e das equipas de futebol sala de escolas e escolinhas do Belenenses.

A JOMA celebra 25 anos em Portugal e para celebrar esse aniversário a empresa fundada em 1965, em Toledo, Espanha, vai reforçar o patrocínio do Comité Olímpico Português, numa aposta na consolidação da notoriedade da marca através de uma política de patrocínios a eventos desportivos e numa nova estratégia de comunicação.

A marca líder em Espanha, detém atualmente, no nosso país, além do patrocínio do Comité Olímpico de Portugal, a Maratona do Porto e as equipas de futebol sala de escolas e escolinhas do Belenenses. Fora de Portugal, a JOMA é patrocinadora dos mais diversos clubes e modalidades e está presente em mais de 100 países.

Os 25 anos da JOMA em Portugal serão celebrados, segundo as responsáveis de marketing da marca, “através de uma forte aposta na área da comunicação e marketing, um investimento que surge depois de mais de duas décadas presentes num mercado que está cada vez mais receptivo a novas ofertas no segmento do desporto, fitness e running. Apostamos nos valores da marca e queremos reposicioná-la no mercado português, criando relações mais estreitas entre o consumidor feminino e masculino, os embaixadores, os nossos patrocínios e a JOMA, através das redes sociais e de opinion makers com impacto junto dos jovens que procuram cada vez mais um estilo de vida saudável e activo”.

Recomendadas

António Costa e Pedro Sánchez querem um Mundial2030 “para a paz”

“Já demonstrámos capacidade para organizar eventos de primeira linha. Portugal e Espanha estão prontos para receber, juntamente com a Ucrânia, o Mundial de futebol de 2030. Queremos um campeonato para a paz, mostrar o melhor do desporto, mas também os melhores valores da Europa”, escreveu o primeiro-ministro luso na rede social Twiiter, mensagem que também foi publicada pelo presidente do governo espanhol.

Revista de imprensa nacional: as notícias que estão a marcar esta quarta-feira

“Governo vai mexer nos escalões do IRS no próximo ano”; “Polícias proibidos de disparar com balas reais contra multidões”; “22 mil milhões de euros para a banca”

Vieira diz que divulgação de emails foi “estratégia do FC Porto para manchar nome do Benfica”

O antigo presidente do Benfica Luís Filipe Vieira afirmou hoje em tribunal que a divulgação de emails sobre o clube no Porto Canal foi “uma estratégia do FC Porto para manchar o nome” do clube lisboeta.
Comentários