Marcelo apela ao Governo que faça tudo ao seu alcance para que diálogo com autarcas seja bem sucedido

Marcelo classificou como “desnecessária” uma crise sobre a descentralização, depois da câmara do Porto ter saído da Associação Nacional de Muncípios Portugueses.

Rodrigo Antunes/Lusa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, pediu ao Governo que fizesse tudo ao seu alcance para que o diálogo com a Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) seja bem sucedido.

Num encontro com presidentes de câmara, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ser “do interesse do Governo na elaboração do Orçamento de Estado para o próximo ano fazer o que está ao seu alcance para que o diálogo com os autarcas, e nomeadamente com a ANMP que os representa, possa ter sucesso”.

Na mesma ocasião, Marcelo classificou como “desnecessária” uma crise sobre a descentralização. Na ótica do Chefe de Estado este problema “é mais um fator de desgaste” no mandato autárquico e que pode pôr em causa os “legítimos anseios dos portugueses”.

Os comentários de Marcelo sucedem a saída da câmara do Porto da ANMP, na segunda-feira, com votos a favor do PSD, Chega e do movimento independente liderado por Rui Moreira e votos contra do PS, PAN.

No final da semana passada, o autarca do Porto tinha referido que “esta descentralização é uma mentira”. “Estão a dar cabo de um excelente princípio. [A descentralização] Não pode servir para tapar buracos nas áreas da educação, saúde ou solidariedade social”, sublinhou.

“Em desespero de causa querem passar isto para as autarquias, ou seja, passar a dívida existente, com a conivência da Associação Nacional de Município”, disse Rui Moreira.

Recomendadas

“Sarrabulhada” governativa na ementa do Congresso do PSD. Ouça o podcast “Maquiavel para Principiantes” de Rui Calafate

“Maquiavel para Principiantes”, o podcast semanal do JE da autoria do especialista em comunicação e cronista do “Jornal Económico”, Rui Calafate, pode ser ouvido em plataformas multimédia como Apple Podcasts e Spotify.

Marcelo condecora Cavaco Silva com o Grande-Colar da Ordem do Infante D. Henrique

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, condecorou esta terça-feira o seu antecessor no cargo Aníbal Cavaco Silva com o Grande-Colar da Ordem do Infante D. Henrique pelo trabalho e pela inclusão social ao serviço dos portugueses.

Montenegro afasta referendo à regionalização em toda a legislatura

O presidente do PSD, Luís Montenegro, alargou esta terça-feira a sua objeção ao referendo à regionalização até ao final da legislatura, e escusou-se a falar sobre a próxima, na qual só se manterá se vencer as legislativas.
Comentários